Movimento Operário

GREVE DOS RODOVIÃ RIOS DO RIO DE JANEIRO

Viva a greve e mobilização dos rodoviários do Rio!

08 May 2014   |   comentários

Os rodoviários do Rio, hoje 07/05 deram mais uma contundente mostra de como a classe trabalhadora do país, e com mais intensidade no Rio, está acordando. Depois dos garis, dos operários da construção civil no Comperj esta estratégica categoria também vai cruzar os braços, e vai fazer isto, tal como os garis contra seu sindicato pelego.

Os rodoviários organizaram três manifestações para ir divulgando seu movimento e ir buscando a unidade de toda categoria. Rejeitaram o acordo firmado pelo seu sindicato atrelado às empresas e àprefeitura. O acordo do sindicato previa um aumento de cerca de 10%, aumentando o salário nominal do motorista a R$1957 e do cobrador a R$ 1080. Os rodoviários querem R$2500 e R$1500 respectivamente. O acordo do sindicato não fala nada de uma reivindicação elementar dos rodoviários: fim da dupla função. As empresas estão lucrando ao extinguir a função do cobrador, explorando os motoristas e colocando todos passageiros em risco!

As reivindicações dos rodoviários são justas e todos trabalhadores devemos apoiamos. O fim da dupla função é uma reivindicação para a segurança de todos os cariocas! Em uma cidade onde todos os preços crescem, onde o trabalhador passa vergonha na fila do supermercado quando vai fazer as compras, nada mais justo do que lutar por salário. A constituição prevê que o salário mínimo deveria cobrir as necessidades de uma família de 4 pessoas, o DIEESE calcula este salário em cerca de R$ 2990. A vitória dos rodoviários será uma vitória para toda a classe trabalhadora!

JPEG - 111.1 KB

Para que a luta dos rodoviários contra os empresários, o prefeito Paes, e a justiça que logo deverá votar a ilegalidade de sua greve (como fez com os garis e costuma fazer em todas as greves) vença é preciso antes mais nada a unidade e decisão de luta da categoria, mas também exige o apoio de todos os movimentos, sindicatos e centrais sindicais que se reivindicam classistas como a CSP-Conlutas, Unidos, entre outros. Os professores e profissionais da educação das redes municipal e estadual do Rio votaram hoje que entrarão em greve a partir de segunda-feira. Chamamos o SEPE (sindicato dos profissionais da educação do Rio) a dar passos para coordenar estas lutas, bem como chamar os vigiliantes de bancos que seguem em greve para coordenar as suas lutas e vencermos!

Para realmente termos condições seguras no transporte, salários dignos, e racionalidade nas linhas, nos trajetos, nas condições de trabalho não será das mãos dos empresários, que só se importam com seus lucros. Nem será nas mãos de governos que tal como Cabral-Pezão ou Paes dão incentivos aos empresários, aumentam as tarifas acima do que o Tribunal de Contas calculou que isto acontecerá (o Tribunal analisou que deveria baixar as tarifas para R$ 2,50, mas o prefeito em conluio com os empresários subiu para R$3). Por isto achamos que uma saída de fundo aos problemas dos trabalhadores dos transportes e de todos os usuários passa pela estatização sob controle dos trabalhadores e usuários de todo o sistema de transporte!

Viva a greve dos rodoviários!

Pelo imediato atendimento de suas reivindicações!

Artigos relacionados: Movimento Operário , Rio de Janeiro









  • Não há comentários para este artigo