Movimento Operário

GREVE GERAL 14N

Solidariedade em Berlim

17 Nov 2012   |   comentários

Eram 15 horas quando a legendária Praça Paris (Pariser Platz) – onde até agora continua um acampamento de refugiados que há várias semanas protestam por suas condições de vida na Alemanha – era ocupada por mais de mil pessoas e organizações, para protestar contra as medidas de austeridade e contra a crise capitalista, como parte das ações que em Berlim e outras cidades da Alemanha se desenvolvem em solidariedade com as greves gerais do 14N no sul da Europa. Aos gritos de “solidariedade internacional†, “greve geral em toda a Europa já†, marcharam pelas ruas da capital alemã para concluir com uma reunião na Postdamer Platz.

A reunião contou com a participação simbólica de alguns funcionários da Confederação de Trabalhadores da Alemanha (DGB), mas também setores combativos. Também participaram o partido de esquerda reformista Die Linke e setores da Esquerda Autonomista, organizações trotskistas e imigrantes, que se somaram àconvocatória lançada pelo Comitê em Solidariedade com a Grécia, em Berlim, do qual o RIO participa.

Desde o RIO intervimos com um forte contingente junto a nossos companheiros secundaristas que impulsionam os boletins Red Brain e Banana Republic, como também companheiros universitários que impulsionam o Waffen der Kritk (Armas da Crítica). Também distribuímos a declaração que junto aos camaradas do Classe contra Classe do Estado Espanhol e da Corrente Comunista Revolucionária na França elaboramos, como também com o novo número da nossa revista Klasse gegen Klasse e algumas intervenções durante a reunião, como uma saudação enviada por nossos camaradas espanhóis.

Artigos relacionados: Movimento Operário , Internacional , Juventude









  • Não há comentários para este artigo