Sábado 20 de Julho de 2019

Direitos Humanos

LEVANTAR UM FORTE CAMPANHA CONTRA A REPRESSÃO POLICIAL, EXIGINDO O FIM DA VIOLÊNCIA POLICIAL

Sobre repressão policial em Americana contra ocupação do MST

30 Aug 2011   |   comentários

Na manhã desta terça-feira, em Americana (sitio Boa Vista), mais de 600 famílias foram reprimidas pela ação de reintegração de posse da polícia militar. Com mais de 2000 policiais, o Estado burguês mais uma vez cumpriu seu papel nefasto de defender os usineiros (no caso, da Usina Escher, de monocultura de cana-de-açúcar) e está desse momento derrubando as casas da ocupação com tratores, numa repressão covarde.

Essa repressão faz parte de um amplo ataque que os setores burgueses no campo, junto aos latifundiários, contra as ocupações de terra no sentido de manter a estrutura absurda de concentração deterra, relegando milhares famílias de famílias àfome, por um lado, ouhiper-explorando a força de trabalho, chegando a casos de semi-escravidão. Assim, esses setores burgueses atuando pressionando lideranças combativas e assassinando brutalmente lutadores no campo, mortes e ameaças que não são noticiadas ou encontram na justiça burguesa o seu véu e silencia para a impunidade para os ricos.

Nós da LER-QI nos colocamos ao lado dos trabalhadores rurais e repudiamos qualquer tipo de violência contra estes militantes. Devemos impulsionar campanhas de solidariedade aos ocupantes (queagora estão no Milton Santos), ligando esses ataques aos que temos visto contra muitos operários na região que estão sendo demitidos e também relegados ao desemprego.

Uma aliança entre os setores do campo e da cidade é fundamental para que comecemos a levantar um forte campanha contra a repressão policial, exigindo o fim da violência policial, exigindo a punição dos latifundiários e usineiros e colocando nosso programa de expropriação destas terras, que são exploradas para encher os bolsos de lucro para latifundiários e para o imperialismo.

Artigos relacionados: Direitos Humanos , Campinas









  • Não há comentários para este artigo