Palavra Operária nº083

CONTATO ler-qi@palavraoperaria.org

Internacional

PRIMEIRO DE MAIO NO ESTADO ESPANHOL

Sobram motivos para encher as ruas...

Por: Cynthia Lub, Clase Contra Clase Estado Espanhol As manifestações foram massivas, o que demonstra que sobram motivos para sair à s ruas e não faltam forças. As massivas manifestações encheram as ruas de 60 cidades com todo tipo de reivindicações: contra a reforma trabalhista, o aumento do desemprego, os cortes de verba da saúde e educação, o aumento das taxas universitárias, o transporte público em Madrid, entre outros. Mais de 40 mil em Madrid, 100 mil em Barcelona, 20 mil em Granada, na Comunidade Valenciana foram 40 mil (a maior participação dos (...)

INTERNACIONAL

1º de Maio na Alemanha

Na Alemanha, iniciam as negociações do contrato coletivo para os dois milhões de trabalhadores do setor metalúrgico. Neste contexto, as manifestações sindicais no primeiro de maio foram maiores que em anos anteriores.

INTERNACIONAL

1º de maio no Chile

O Partido dos Trabalhadores Revolucionários (PRT-CcC) marchou levantando as bandeiras de um movimento operário classista e combativo.

SOLIDARIEDADE

Campanha contra a repressão no Estado Espanhol

No Estado Espanhol a repressão que seguiu à última greve geral está sendo muito dura. A organização irmã da LER—QI, Clase contra Clase, nos enviaram este pedido de abaixo-assinado para ser trabalhado aqui em apoio à liberdade imediata dos presos. Basta enviar nome, país e profissão/instituição ou organização que atua para o endereço de e-mail indicado para aderir à campanha. Email: (...)

INTERNACIONAL

Eleições na Grécia: rechaço contundente aos partidos da austeridade

Por: Alejandra Ríos, FT-Europa O resultado das eleições de 6 de maio na Grácia tem representado um dêbacle histórico para o PASOK (Movimento Socialista Panhelênico, de tendência social-democrata) e a Nova Democracia (centro directa), os partidos responsáveis de aplicar os planos do ajuste, deixando descoberto um amplo rechaço à política de austeridade ditada pela troika conformada pela Comissão Européia, o Banco Central Europeu e o (...)

RESULTADOS DA ELEIÇÃO NA FRANÇA

O triunfo do Partido Socialista na França

Por: Juan Chingo No domingo 6/5 se realizou o segundo turno das eleições presidenciais. Como colocaram nossos companheiros da Corrente Comunista Revolucionária no Novo Partido Anticapitalista (CCR), o povo teve que eleger entre duas caras do ajuste contra as massas trabalhadoras: François Hollande, do Partido Socialista, vencedor da contenda, e o atual presidente, Sarkozy. Reproduzimos em seguida uma primeira análise de Juan Chingo, dirigente da CCR, em reportagem aos companheiros do programa de rádio (...)

BOLÃ VIA

Viva a luta dos trabalhadores da saúde e da COB! Todos àCúpula Operária convocada pela COB!

Por: LOR-CI, Bolívia No dia 9 de maio se iniciou a paralisação de 72 hs da COB, exigindo aumento salarial superior aos míseros 8% decretado pelo governo no dia 1 de maio. Aderiram ao chamado não só os estudantes e as universidades do país, como também os indígenas agrupados na IX marcha, em defesa de TIPNIS. Se expressaram mostras de solidariedade popular de pacientes que exigem que o governo responda à s exigências de salubridade. Porém, o vice-presidente Garcia Linera e o MAS chamaram os cocaleiros e setores próximos (...)

Fração Trotskista

1º de maio na América Latina e Europa

Leia sobre os atos do 1º de maio ocorridos no Brasil, Argentina, México, Chile, Estado Espanhol, Alemanha e Bolívia.

MOVIMENTO OPERÃ RIO

Lista Bordó recebe 40% dos votos no Sindicato da Alimentação na Argentina apesar das fraudes da burocracia sindical

No dia 10 de maio ocorreu a votação depois de uma enorme campanha militante da Chapa “Bordó†no sindicato da alimentação, que expressou uma enorme corrente antiburocrática militante do sindicalismo de base e de esquerda da Argentina, a partir de uma chapa composta pelas comissões internas de todas as maiores fábricas do sindicato, lideradas pela de Kraft Foods, a maior da Argentina que é composta pelo PTS e independentes. A lista Bordó, composta pelo PTS, outras organizações de esquerda e (...)

Nacional

ECONOMIA

A falácia do “combate†de Dilma aos bancos privados

Por: Flávia Ferreira , Iuri Tonelo Resposta de Dilma à crise é a “defesa da nossa indústria e do modelo de desenvolvimento aberto ao capital estrangeiro†, ou seja, avanço da precarização e da dependência do país ao capital financeiro e aos grandes monopólios.

NACIONAL

O que o escândalo Cachoeira fala dos donos do poder no Brasil

Por: Leandro Ventura Em meio a tanto fogo cruzado, tanta notícia pela metade ou em frações ainda menores, cada uma condizente com objetivos eleitorais-mercantis de cada fração política (e talvez empresarial) em jogo. Para o DEM e PSDB trata-se de sobreviver, acertar alguns petistas e não ter seus objetivos eleitorais implodidos. Para o PT trata-se de acertar a oposição de jeito e/ou livrar seus quadros históricos no julgamento do mensalão. No Rio trata-se de acertar Cabral, mas encobrir as relações de César Maia e (...)

Juventude

PASSADO E PRESENTE

A luta contra a ditadura do passado e do presente na USP

Por: Bruno Gilga , Marcelo (Pablito) Santos, diretor do Sintusp A luta pelo reconhecimento da verdade e pela punição dos civis e militares responsáveis pelos crimes da ditadura é uma tarefa democrática fundamental em nosso país. A relação imbricada entre a USP e esses crimes faz com que esse movimento - ligado à necessidade da democratização da USP, que mantém a estrutura de poder do período do regime militar, a mais antidemocrática e autoritária do país – tenha grande (...)

BALANÇO DAS ELEIÇÕES DO CAELL (CENTRO ACADÊMICO DE LETRAS DA USP)

Chapa Primavera nos dentes: A contra mola que resiste!

Nós da Juventude às Ruas, estivemos realmente dispostos a debater uma possível unidade dos setores combativos, mas frente ao fracasso, conformamos junto a independentes a chapa “Primavera nos dentes†que teve expressivos 120 votos.

USP

A farsa da democracia de Rodas

Por: Diana Assunção , Fernando Pardal Todos ao Ato Estadual Contra os Processos e Pela Democratização das Universidades Paulistas!Nessa quarta, dia 16, concentração em frente à reitoria da USP as 9:00 horas.

Teoria

SEMINà RIO “O MARXISMO DE LEÓN TROTSKYâ€

A Revolução Permanente

Síntese do segundo encontro do seminário “O marxismo de Leon Trotsky†, organizado pela Juventude do PTS, organização irmã da LER-QI na Argentina, ditado por Christian Castillo, dirigente nacional do PTS. Leia também: PORQUE TROTSKY?

EM BREVE:

Lançamento do livro Aonde Vai a França

Publicamos este livro na expectativa de que seja uma fonte de ensinamentos vivos: examinando o debate estratégico daqueles anos “quentes†do pré-II Guerra, reatualizaremos nosso foco para a construção, hoje, da força política revolucionária que, fundida ao proletariado, à medida em que este se ponha amplamente em movimento, possa impulsionar a revolução brasileira e internacional para o seu melhor desfecho, a vitória da classe (...)

Questão Negra

COTAS RACIAIS

O povo negro deve se organizar de forma independente e em base aos métodos da luta de classes

No dia 26 de Abril o Supremo Tribunal Federal aprovou a legalidade do sistema de cotas no Brasil, como resposta a setores que alegaram a inconstitucionalidade desse sistema com o argumento de sua contradição em relação com o princípio de igualdade entre os cidadãos existente na Constituição. A seguir entrevistamos Thiagão e Letícia Oliveira, militantes da Liga Estratégia Revolucionária, sobre o (...)

HISTÓRIA

O fracasso das “ações afirmativas†nos EUA

Por: Daniel Matos , Thiagão Durante os anos 50 e 60 desenvolveram-se fortes lutas pelos direitos civis nos EUA, em especial por direitos ao povo negro, que historicamente foram submetidos a uma monstruosa política de opressão e segregação racial naquele país. Essas lutas obrigaram a burguesia imperialista a promover as "ações afirmativas", ou seja: a eliminação formal de todas as limitações dos direitos civis e acesso a cargos públicos e maiores cotas na (...)

Movimento Operário

METROVIÃ RIOS

Campanha contra ameaças a militante da LER-QI em metroviários

Foi votado em assembleia da categoria um posicionamento do sindicato contrário à s ameaças e perseguição à companheira Marília. No encontro de mulheres da CSP-Conlutas também foi votada uma moção em solidariedade à companheira. É necessário um posicionamento público da CSP-Conlutas sobre isso, assim como concretizar a votação da assembleia dos metroviários, e para isso o sindicato deve impulsionar uma campanha em seus jornais e boletins pela democracia operária e contra qualquer ameaça ou perseguição (...)

CONGRESSO DA CSP CONLUTAS

Uma oportunidade perdida para impulsionar um plano de ação que unifique os setores de vanguarda em todo o país

Por: Marília Rocha , Marcelo (Pablito) Santos, diretor do Sintusp Entre os dias 27 e 30 de abril de 2012 realizamos o 1º Congresso da CSP-Conlutas, que reuniu em Sumaré-SP cerca de 1.500 entre delegados observadores de todo o país, uma quantidade significativamente menor o que os anteriores, com destaque para uma significativa bancada de companheiros que vêm participando das greves da construção civil que têm permeado o país.