Palavra Operária nº077

CONTATO ler-qi@palavraoperaria.org

INTERNACIONAL

LONDRES EM CHAMAS

Raiva popular assola a Inglaterra e debilita Cameron

Por: Simone Ishibashi Uma cidade em chamas, uma multidão enfurecida nas ruas, protestando contra sua situação de opressão e as medidas de ataque de seu governo, e conseqüentemente, enfrentando a repressão da polícia. Desde o dia 6 de agosto quando a polícia assassinou um jovem de 29 anos morador de um bairro de periferia de Londres, Tottenham, deu-se início a uma série de manifestações populares que expressam a raiva acumulada há (...)

PELA QUEDA REVOLUCIONÃ RIA DE ASSAD

Abaixo a repressão aos trabalhadores e ao povo sírio

Por: Simone Ishibashi O levante do povo sírio contra o regime de Bashar Al Asad já dura cerca de quatro meses. Cansados da sua situação de miséria e opressão, em que 14% da população de 22 milhões vivem abaixo da linha da pobreza, enquanto 20% dos sírios estão desempregados, os sírios protagonizam duros enfrentamentos contra o regime de Asad. O país se transformou em um dos epicentros mais tensos da primavera (...)

CHILE

500.000 MANIFESTANTES E MASSIVO “PANELAÇO†NUMA NOVA GREVE NACIONAL PELA EDUCAÇÃO E JORNADA DE PROTESTOS

Por: Pablo Torres, PTR Na terça 09/08 mais de 500.000 manifestantes encheram novamente as principais avenidas do país na convocatória de uma nova Greve Nacional pela educação. Só em Santiago (capital) tiveram mais de 150.000 manifestantes. A mais massiva mobilização de estudantes secundaristas, universitários, professores e trabalhadores que continuam na luta já se estende por três meses, e se somou ao novo “panelaço†massivo em todo país e em diversas comunidades. Và DEO DO ATO EM SOLIDARIEDADE A JUVENTUDE (...)

CRISE CAPITALISTA MUNDIAL

Uma votação que é incapaz de fazer recuar a crise da economia

Por: André Augusto Apesar da votação ter liberado imediatamente US$ 400 bilhões de dólares para Obama pagar as contas imediatas, evitando o que diversos analistas classificam como um grande desastre para a economia dos EUA e mundial, não resolveu nenhuma das disputas mais importantes, e simplesmente postergou a crise.

CHILE

Desafiando a prepotência

Por: Juan Valenzuela, Clase Contra Clase Editorial do jornal quinzenal Clase Contra Clase nº166, 6/8/11

REALIZOU-SE IMPORTANTE PLENÃ RIA NACIONAL DA LER-QI

Reflexões sobre a crise capitalista e os dilemas estratégicos do movimento operário internacional

Por: Marcelo Tupinambá A tarefa histórica de recompor o marxismo revolucionário, como parte essencial da construção de partidos revolucionários internacionalistas em cada país, passa também pela formação de revolucionários que possam elaborar as bases teóricas, políticas e programáticas de uma organização internacional que possa cumprir um papel qualitativo na etapa que se abre, que além de mais crises e mais guerras, também vai dar lugar a revoluções. Nos (...)

ELEIÇÕES NA ARGENTINA

Um exemplo de “parlamentarismo revolucionário†na Frente de Esquerda e dos Trabalhadores

Por: Daniel Matos A FIT já obteve uma primeira grande conquista. Em junho, nas eleições de Neuquén, estado do sul da Argentina, os operários de Zanon, com Alejandro Lopez (independente) e Raul Godoy (PTS), principais referentes públicos dessa luta, conquistaram uma cadeira no parlamento estadual (que será rotativa entre as forças que compõem a FIT). Esse foi um reconhecimento da enorme luta que os operários de Zanon vêm travando desde 2000, primeiro com a recuperação da comissão interna e do sindicato das mãos da (...)

DIANTE DA APROVAÇÃO DAS REFORMAS NA ASSEMBLÉIA NACIONAL DE CUBA

Concessões pró-capitalistas e o problema da habitação

Por: Thiago Mathias No último mês de julho, a Assembléia Nacional de Cuba aprovou algumas das medidas do “Projeto de Diretrizes da Política Econômica e Social†votadas no último Congresso do Partido Comunista de Cuba.

NACIONAL

O PRIMEIRO EVENTO DA COPA DO MUNDO DE 2014

Não é uma festa, nem só um grande negócio: a burguesia quer erguer uma cidade “maravilhosa†contra os trabalhadores!

Por: Clarissa Menezes A Copa do Mundo, as Olimpíadas apareceram nas propagandas eleitorais de Dilma e nas peças de propaganda e editoriais da mídia burguesa como grandes oportunidades para fazer o povo melhorar de vida, ter um grande legado dos eventos, tornar-se um “país de primeiro mundo†. A realidade, no entanto, é completamente outra. O povo é sequer convidado a participar do evento, fechado, privatizado. Tal como fizeram para receber Obama, impedirão o povo de circular livremente na Marina da Glória e (...)

EDITORIAL

Crise capitalista mundial: nova marolinha ou a preparação de uma tsunami no Brasil?

Por: Leandro Ventura Os cenários para a economia nacional não podem ser pensados em separado dos cenários mundiais, que ainda não se definem entre uma longa recessão, ou crescimento anêmico, ou se haverá algum crash. Nacionalmente, distintos fatores podem operar, levando a distintos cenários. O melhor cenário é de um impacto recessivo com um acumulo das contradições. Este impacto recessivo pode não significar tecnicamente uma recessão, mas em um país com a população expandindo 1,1% ao ano e novos endividamentos (...)

A QUEDA DE NELSON JOBIM

Sob a aparente normalidade do governo, abalos, instabilidades e crescentes elementos de crise!

Por: Vinícius Pena Você pede demissão ou eu terei de demiti-lo†. Foi com essas palavras que Dilma fez cair mais um ministro em apenas oito meses de governo. Agora foi o Ministro da Defesa, Nelson Jobim, que já vinha desgastado por conta de suas declarações, nas quais afirmou ter votado em Serra em 2010 e de ser preciso tolerar "os idiotas que perderam a modéstia" e que "escrevem para o esquecimento†, referindo-se a setores petistas do (...)

DILMA, BURGUESIA E BUROCRACIA SINDICAL JUNTOS PELA "INDÚSTRIA NACIONAL"

Brasil maior: um plano a serviço dos grandes empresários

Por: Francisco Pontes No último 2 de agosto, dia em que os holofotes do mundo todo estavam girados para o acordo firmado entre republicanos e democratas para a elevação da dívida norte-americana, no Brasil, Dilma apresentava o Plano Brasil Maior enquanto parte de seu arsenal para buscar frear e modificar os inevitáveis impactos que a crise capitalista aprofundará em nosso país.

MOVIMENTO OPERÃ RIO

NOVA CARREIRA E O “PROADE†NA USP

Reitoria quer legalizar demissões “silenciosas†e o assédio moral

Por: Marcelo (Pablito) Santos, diretor do Sintusp Depois da greve de 2010, em que os trabalhadores da USP enfrentaram o projeto privatista e elitista da reitoria, Rodas mudou sua tática para avançar no projeto estratégico de adaptar a universidade à s necessidades do mercado. Durante o ano vem combinando medidas como a reformulação e tentativa de fechamento de cursos a ataques mais diretos aos funcionários como o limite de 77% do orçamento para folha de pagamento e a demissão de 270 (...)

PROFESSORES SÃO PAULO

PSDB mais uma vez ataca dos professores de SP e a direção majoritária da Apeoesp só no “blá-blá-blá†!

Por: Márcio Barbio , Paulinha Berbert Depois do engodo do reajuste parcelado de nosso salário, acordado com a direção majoritária da Apeoesp – a Chapa 1, Art/Sind – começamos o 2º semestre com mais um ataque tucano contra o professorado paulista: o governo aprovou a divisão de nossas férias entre janeiro e julho (15 dias cumpridos em cada mês), realocando o recesso do meio do ano para o início.

JUVENTUDE

HOJE EM SP ATO ÀS 18HS

“NÃO VAI PASSAR NENHUMA REPRESSÃO! LUTAMOS COM O CHILE PELA EDUCAÇÃO!â€

Contra a repressão São Paulo 11/08 – quinta – às 18H Consulado Geral do Chile Av. Paulista, 1009 – entre a estação Trianon e a Gazeta

ABAIXO A REPRESSÃO AOS ESTUDANTES E TRABALHADORES CHILENOS

LIBERDADE AOS QUE LUTAM PELA EDUCAÇÃO PÚBLICA, GRATUITA E DE QUALIDADE!

Por: Babi Zária , Felipe Campos No Brasil, devemos nos contaminar pelo espírito chileno e seguir o exemplo da luta dos estudantes. O governo Dilma logo no início do seu mandato, preparando-se para cenários cada vez mais incertos da dinâmica da crise capitalista internacional, implementou um corte de mais de R$ 50 bilhões do orçamento, sendo que mais de R$6 bi da educação, aprovando no Congresso um novo PNE que em 10 anos repete a mesma promessa dos planos anteriores em destinar apenas 7% do PIB para a educação. Enquanto, isso (...)

TEORIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO - LANÇAMENTO DO LIVRO "A PRECARIZAÇÃO TEM ROSTO DE MULHER"

Importante debate com Vírginia Fontes, Camila Valle, Nilzete de Souza e Diana Assunção na UFRJ

Por: LER-QI Rio de Janeiro Ontem dia 07/07 ocorreu no IFCS-UFRJ uma importante atividade de lançamento do livro “A precarização tem rosto de mulher†organizado por Diana Assunção, dirigente da LER-QI, diretora do Sintusp e fundadora do Pão e Rosas Brasil, contando com a presença da mesma, da historiadora da UFF Virgínia Fontes, da advogada e professora da UNIRIO Camila Valle, e Nilzete de Souza, ex-trabalhadora da União e uma das protagonistas da greve d@s terceirizad@s da (...)

UMA CONTRIBUIÇÃO PARA UMA DISCUSSÃO ESTRATÉGICA A PARTIR DAS "LIÇÕES DE OUTUBRO" DE LEON TROTSKY

Tática e estratégia: a preparação dos revolucionários para grandes viragens históricas

Por: Flávia Valle

REVISTA ESTRATÉGIA INTERNACIONAL BRASIL

Saiu o novo número da Revista Estratégia Internacional Brasil

A revista Estratégia Internacional Brasil chega à sua quinta edição. Com esta nova publicação, esperamos contribuir para os debates estratégicos, teóricos e táticos que as novas condições já estão colocando. Adquira seu exemplar através de ler-qi@ler-qi.org .

CULTURA

OCUPAÇÃO NA FUNARTE

Cortes no orçamento, Funarte ocupada. Qual a saída para a cultura?

Por: Fernando Pardal , Jacques A ocupação de oito dias da Funarte, que terminou dia 1 de agosto, está vinculada a este contexto, pois se deu, a princípio, contra a redução do orçamento da cultura de 0,2% para 0,06% do PIB. Entendendo que é apenas esta miséria que o capitalismo pode nos oferecer, Iná Camargo Costa, convidada a falar para os ocupantes, apontou isto claramente, e colocou a necessidade de que os artistas não apenas reivindiquem um aumento de verbas, mas sim questionem a estrutura social e qual é seu papel diante de (...)

DIREITOS HUMANOS

COMPANHEIRO MERLINO, PRESENTE!

Torturador, tem que pagar! Sua anistia, nós vamos revogar!

Na última quarta, dia 27/07, cerca de 200 pessoas se reuniram em frente ao Fórum João Mendes exigindo punição ao coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra pelo assassinato de Luiz Eduardo Merlino, militante trotskista, preso, torturado e morto no DOI-Codi de São Paulo em 1971. Ustra, conhecido também como “major Tibiriçá†, comandou o DOI-Codi de São Paulo entre 1969 e 1974. Foram centenas de torturas e alguns assassinatos de homens e mulheres que lutavam contra a ditadura militar, todos nesse período a (...)

CÂMARA DE VEREADORES DE SP VOTA DIA DO ORGULHO HETEROSSEXUAL

O dia do Orgulho Heterossexual, a liberdade de expressão e a confiança na democracia burguesa.

Por: Fauze Felipe Finalmente os heterossexuais, - tão esquecidos e oprimidos - terão ao menos um dia no calendário oficial da cidade para serem lembrados e combater o preconceito a que estão submetidos.

RIO DE JANEIRO

Justiça brasileira nos faz reviver os tempos da ditadura: a censura de “A Serbian filmâ€

Por: Clarissa Menezes , Thyago Villela Há 26 anos não se proibia uma peça, censurava um filme inteiro a qualquer audiência e muito menos apreendia-se a película. A mando do DEM a justiça do Rio recriou os tempos do AI-5.

FALECIMENTO DE HELENA GRECO

HELENA GRECO, PRESENTE! HOJE E SEMPRE! 15/06/1916 - 27/07/2011

Por: LER-QI Belo Horizonte Helena Greco foi uma importante figura na luta pela anistia ampla geral e irrestrita aos militantes que lutaram contra o regime ditatorial instalado no Brasil até meados dos anos oitenta. A partir de 1975, as mulheres ganharam protagonismo na luta pela anistia com o lançamento do Manifesto da Mulher Brasileira, pelo Movimento Feminino pela Anistia.