Palavra Operária nº070

CONTATO ler-qi@palavraoperaria.org

Nacional

ELEIÇÕES

Plínio e o PSOL retomando os erros do passado

Por: Thiago Flamé Nessas eleições, uma coisa é inegável: Plínio de Arruda Sampaio está sendo coerente com a sua tradição e com a sua trajetória, através das propostas que apresenta. Por isso, devemos nos questionar se essas posições são as que de fato representam as necessidades mais estruturais dos trabalhadores e da grande maioria da população brasileira.

ELEIÇÕES

Por que o apoio às candidaturas do PSTU deve ser CRà TICO?

Por: Daniel Matos Em sua campanha eleitoral, o PSTU defende pontos programáticos que expressam os interesses da classe trabalhadora, como o não pagamento da dívida pública, a reestatização das empresas privatizadas, entre outros. Entretanto, tem como um de seus eixos principais a propaganda de que suas candidaturas poderão implementar as propostas que defendem se forem eleitas.

QUESTÃO AGRà RIA

As anti-propostas de Dilma e Serra para os trabalhadores rurais

Por: Gilson Dantas Existe uma realidade de miséria e privações entre os pobres do campo a qual não é alcançada - sequer como promessa – pelo programa agrário de Dilma Roussef ou de José Serra.

EDITORIAL

A candidata do presidente operário esconde os ataques que prepara! Votar contra a conciliação de classes! Votar criticamente no PSTU

As eleições estão marcadas por uma intensa confiança das massas na continuidade da situação atual do país. Os trabalhadores e jovens que apostam em Dilma estão embebidos de uma estratégia de melhora gradual da “desigualdade social†e do avanço do país.

Internacional

É PRECISO DEFENDER AS CONQUISTAS DA REVOLUÇÃO CUBANA E DERRUBAR A BUROCRACIA

Não às 500 mil demissões em Cuba

Por: Thiago Mathias O governo cubano e a Central de Trabalhadores de Cuba (CTC) anunciaram esta semana a confirmação da demissão de 500.000 servidores públicos até março de 2011, um ataque histórico da burocracia castrista aos trabalhadores.

SOLIDARIEDADE ATIVA AOS NOSSOS IRMÃOS DE CLASSE ESPANHÓIS!

Viva a greve geral na Espanha!

Por: Léo Rodrigues Diversas centrais sindicais convocam uma importante greve geral para o 29 de setembro na Espanha, contra os ataques do governo “socialista†de Zapatero. No bojo das recorrentes greves gerais em outros países na Europa, diversas centrais sindicais do continente aderem ao chamado espanhol para um dia unificado de greve geral (Grécia, Itália, França etc.) Tod@s ao ato em solidariedade à greve geral na Espanha no dia 29 de setembro. Em frente ao Consulado Espanhol, Av. Brasil, 948, São (...)

Movimento Operário

ELEIÇÕES NO SINDICATO DOS METROVIà RIOS DE SÃO PAULO

Fora a burocracia governista e aliada dos patrões (CTB-CUT)

As eleições sindicais no Metrô de São Paulo ocorrem nesses dias com a participação de duas chapas. Atuar nos sindicatos e até mesmo compor sua diretoria são tarefas de primeira ordem para os militantes combativos e classistas, porém não a qualquer custo, justamente porque a tarefa de expulsar os burocratas dos sindicatos está ligada à estratégia de recompor a vanguarda e os trabalhadores em torno dos princípios de classe e dos métodos do movimento operário classista e (...)

ELEIÇÕES SINTUSP 2010

Uma chapa combativa e classista para defender os lutadores!

Por: Diana Assunção Enquanto o governo e a Reitoria tentam destruir nosso Sindicato e a organização independente dos trabalhadores, inicia-se o processo de eleições para o SINTUSP. Trata-se de um momento importantíssimo, onde devemos buscar organizar os setores mais combativos que se expressaram durante as últimas greves para avançar em seu classismo, ou seja, para a compreensão profunda de que mesmo divididos em diferentes funções, categorias, regimes de trabalho (efetivos, temporários, terceirizados) e até em (...)

MOVIMENTO OPERÃ RIO

O PSDB avança na privatização da universidade reprimindo os lutadores

Por: Claudionor Brandão, diretor do Sintusp e militante da LER-QI , Domenico Moreti As frustradas tentativas de José Serra, desde 2007, em implementar o conjunto de seus ataques à educação em especial na USP, foram o motor para que o PSDB se relocalizasse dando a João Grandino Rodas a tarefa fundamental de “pacificar†a USP. E para pacificar a USP, iniciou uma guerra contra o setor que mais tem resistido: o Sindicato de Trabalhadores da USP. SEMINà RIO NA USP DISCUTE PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO, OPRESSÃO RACIAL E NEOLIBERALISMO É PRECISO DEFENDER A COMISSÃO DE TRABALHADORES DA (...)

Juventude

Mulher

Cultura

TEATRO

Companhia do Feijão coloca em cena as tragédias e as farsas da política brasileira

Por: Fernando Pardal Na peça Pálido Colosso a história política recente do Brasil, desde o golpe militar até os dias de hoje, é retraçada pela Companhia do Feijão a partir da primeira memória de infância de um de seus membros. As cenas, curtas e certeiras, mostram o ufanismo e a perseguição política invadindo infâncias, e, imiscuída à s memórias dos atores/autores, enveredam por distintas formas de apresentar as sucessivas tragédias da vida política brasileira e seus (...)

Partido

A 70 ANOS DO SEU ASSASSINATO POR UM AGENTE STALINISTA

Ato em homenagem a Leon Trotsky

A LER-QI convoca a todos da vanguarda operária e estudantil para um ato em reivindicação ao legado do grande revolucionário russo e da necessidade de reconstrução da ferramenta da revolução proletária mundial, a IV Internacional. Sábado, 25 de setembro | 15 horas | Sede da Apeoesp

Teoria

TEORIA

Seminário na USP discute precarização do trabalho, opressão racial e neoliberalismo

A partir do Centro DESFORMAS, constituído por investigadores docentes e estudantes de pós-graduação após a histórica ocupação da Reitoria da USP em 2007, ao qual nos juntamos em 2009, estamos organizando o Seminário “Precarização, Apartheid e Desmanche†.

Suplemento Juventude

SUPLEMENTO JUVENTUDE

Quebrando as catracas e rompendo os muros das Universidades!

Milhares de jovens são submetidos a empregos precários, com jornadas exorbitantes e um salário de miséria. Os que conseguem entrar na Universidade, ainda que na maioria das vezes em centros particulares, enfrentama batalha de se formar e muitos são expulsos por não conseguirem pagar as mensalidades milionárias que as vezes chegam a ser o dobro do salário mínimo vigente. Unificar o movimento estudantil secundarista, das públicas e particulares em aliança com os trabalhadores e a população pobre (...)

MOVIMENTO ESTUDANTIL

Congresso dos estudantes da Unesp e Fatec: colocar o movimento estudantil às ruas!

O Congresso dos estudantes da Unesp e Fatec tem como objetivo reunir centenas de estudantes, entre delegados e observadores, para discutir como encarar os grandes problemas do ensino superior, da nossa universidade e para que possamos contribuir mais ativamente na construção de um movimento estudantil nacional combativo, democrático e aliado aos trabalhadores.

REDUÇÃO IMEDIATA E RADICAL DAS MENSALIDADES DE TODOS OS CURSOS

Viva a luta dos estudantes da Fundação Santo André!

Reproduzimos abaixo uma entrevista com Evandro estudante independente da FSA, membro do D.A. FAFIL e integrante do Bloco ANEL Ã s ruas.

LUTAS ESTUDANTIS NA ARGENTINA

Trabalhadores e estudantes, unidos e adiante!

Por: Bernardo Andrade Depois de um mês de ocupações de escolas e faculdades na Argentina, a luta dos secundaristas, que conquistam apoio de universitários, docentes e trabalhadores, deve ser preenchida de solidariedade internacional.