Palavra Operária Nº093

CONTATO ler-qi@palavraoperaria.org

Internacional

II CONGRESSO DO PT DA BOLÃ VIA

Importante debate de estratégias e programa

Por: LOR-CI, Bolívia Nos últimos dias 28 e 29 de junho ocorreu o II Congresso do Partido dos Trabalhadores da Bolívia, impulsionado pelos sindicatos e federações sindicais. Desde a Liga Obrera Revolucionária (seção boliviana da Fração Trotskysta - Quarta Internacional), abrimos um importante debate de estratégia e programa.

INTERNACIONAL

Trabalhadores e estudantes mobilizados em todo o Chile

Por: Nicolás Miranda, do Partido de Trabajadores Revolucionarios - Clase Contra Clase (Chile) Na última semana de junho, a luta estudantil contra a educação de mercado, uma das heranças do governo de Pinochet, que a direita e a Concertação conservaram e aprofundaram, deu um grande passo adiante: uma paralisação de setores dos trabalhadores, que marcharam junto com os estudantes colocando 150 mil pessoas nas ruas em todo o Chile.

Nacional

DEBATE

Por que não defendemos a desmilitarização da polícia?

Por: Jenifer Tristan, Rio de Janeiro Muitos ativistas tem ficado revoltados com a brutal repressão, incluindo balas de verdade em manifestações, assim como a chacina que a polícia promoveu na Maré. Com esta revolta tem surgido muito além de setores da esquerda, mas de ativistas independentes a proposta de desmilitarização da polícia militar. Este assunto tem surgido em assembleias e em cartazes nos atos. Nós temos nos oposto a esta (...)

BELO HORIZONTE

Nas ruas com os trabalhadores, a juventude e o povo negro

Por: Flávia Vale Grandes atos massivos paralisaram a capital de Minas Gerais. Marcados nos dias dos jogos da Copa na cidade, mais de 100 mil pessoas chegaram a ocupar as ruas de Belo Horizonte. O que marcou os protestos em Belo Horizonte foi a participação de muitos jovens estudantes, trabalhadores e do povo pobre.

UFMG

Organizar através das bases: das salas de aula àluta unificada com os trabalhadores e o povo!

Por: Bernardo Andrade Frente às grandes manifestações que se espalham por todo o Brasil, vamos Às Ruas questionar a serviço de quem está a universidade. Está a serviço da repressão, como querem Anastasia, Dilma e o reitor da UFMG Clélio Campolina? Ou a serviço dos trabalhadores e do povo?

CONTRA OS PARASITAS DO CONGRESSO QUE MOSTRAM SUA VERDADEIRA CARA, E A FARSA DE REFORMA POLÃ TICA DE DILMA:

Lutar por uma Assembleia Constituinte Livre e Soberana

Por: Leandro Souza O motivo pelo qual fazem questão de decidir tudo em mais uma sessão deste Congresso de corruptos e parasitas é justamente para fortalecer seus partidos, alijar ainda mais a população da democracia

EDITORIAL

Junho: um novo país surgiu das maiores mobilizações em décadas

Por: Val Lisboa Depois de junho o Brasil não será mais como antes. O país se levantou e trouxe à tona o falso progressismo do PT, revelando sua submissão aos interesses dos grandes capitalistas e suas relações espúrias com o mais retrógrado da política nacional.



Juventude



Juventude

DEBATE

Os limites do Movimento Passe-Livre

Por: Fernando Pardal , Marília Rocha Em São Paulo, o Movimento Passe-Livre (MPL) iniciou a convocação dos atos, como em anos anteriores (2006, 2010, 2011), e por isto ganhou legitimidade frente aos governos e um setor do movimento como representante das mobilizações em um primeiro momento.

GREVE E OCUPAÇÃO ESTUDANTIL

Após mais de 80 dias, luta segue na UNESP

Por: Daniel Bocalini, estudante da Unesp de Marília Depois de mais de dois meses de luta contra o PIMESP e pela democratização da universidade, conseguimos enfim quebrar a intransigência da reitoria e do governo pela força da mobilização massiva combinada com o uso de métodos radicalizados.

RIO DE JANEIRO

Construindo no dia a dia um programa e uma prática política para construir uma forte juventude pró-operária, combativa e desde a base

Por: Ana Carolina Oliveira Junto aos companheirxs da Juventude à s Ruas temos buscado atuar junto a dezenas de companheiros das mais distintas trajetórias políticas (alguns deles de outros grupos como o “Operação Pare o Aumento†) para formar um programa que dê lugar a uma atuação comum nas manifestações, nos “fóruns de luta contra o aumento da passagem†, e, mais importante, para construir na base, nas escolas, universidades e levando o apoio da juventude a que os trabalhadores se (...)

Movimento Operário

POR UMA POLÃ TICA INDEPENDENTE DO GOVERNO E DA BUROCRACIA SINDICAL

A esquerda frente a reforma política

Por: Thiago Flamé Todos os militantes do PSOL que se opõe a essa farsa de “democratização†que propõe o governo federal, e que desejam lutar realmente pelo desenvolvimento independente das mobilizações que tomaram as ruas, precisam vir a público para denunciar a política de desvio das mobilizações que está sendo aplicada pelos parlamentares do seu partido

TRABALHADORES DA USP

A política do SINTUSP para o dia 11/07

Entrevistamos Claudionor Brandão, demitido político, e Diana Assunção, trabalhadora da FE-USP, ambos diretores do Sindicato dos Trabalhadores da USP

METRÔ DE SÃO PAULO

Metroviários pela Base lutando junto a população para acabar com o sufoco no transporte!

“Frente a onda de protestos que se espalha no país é necessário unificar as reivindicações dos metroviários com as demandas da população contra a precarização dos serviços públicos .â€

MOBILIZAÇÃO NACIONAL

Dia 11: mobilizar pela demandas dos trabalhadores e da juventude, contra a reforma política do governo e do congresso

Precisamos lutar para que no dia 11 se expresse uma política independente através de paralisações e atos que partam da denúncia da política de desvio do governo Dilma e da burocracia sindical

Debates

DEBATE

Para avançar na luta do transporte: reflexões sobre programa e estratégia

Por: Iuri Tonelo Passados quase três meses desde que os primeiros atos pela redução da passagem em Porto Alegre começaram e que vieram a se generalizar por todo o país no mês de junho, ligando-se a outras reivindicações nas ruas como saúde, educação, denúncia dos gastos da Copa do Mundo e luta contra a corrupção, parece-nos central refletir estrategicamente nosso programa frente aos novos desafios.

Questões Democráticas

OPRESSÕES

No vai-e-vem da Cura Gay não deixaremos passar mais nenhum ataque às mulheres e LGBTTI´s

Por: Rita Frau , Virginia Guitzel Com a mobilização das ruas conseguimos barrar o projeto conhecido como "Cura Gay". Mas não podemos nos enganar de que a Bancada Evangélica, a Igreja Católica com a vinda do papa ao RJ, dão um passo atrás para voltar a atacar. O governo Dilma é conivente com a opressão do LGBTTIs, das mulheres e dos negros. Precisamos derrubar Feliciano, o Estatuto do Nascituro e avançar em nossos (...)

OPRESSÕES

Pão e Rosas no I Encontro LGBTT da CSP-Conlutas contra os ataques do governo Dilma

Por: Marie C. Neste fim de semana (dias 28, 29 e 30 de Junho) realizou-se em São Paulo o I Encontro Nacional LGBT da CSP-Conlutas. Foi a primeira vez que uma Central Sindical se propôs a pautar essa demanda.

Partido

PARTIDO

Do despertar político da juventude ànecessidade de uma organização revolucionária

Por: Edison Salles Outra boa surpresa trazida pelas manifestações de massa Brasil afora – outra, porque a primeira foram elas mesmas – foi o início de um novo fermentar de uma ideia há muito desgastada e esquecida... a necessidade da organização política.