Palavra Operária Nº090

CONTATO ler-qi@palavraoperaria.org

Internacional

VATICANO

Quem é Francisco I? A cumplicidade de Bergoglio com a ditadura militar

Por: Daniel Satur, PTS , Miguel Raider, PTS Hoje os grandes meios e a oposição patronal destacam eufóricos o semblante de um Papa “humilde†que construiu sua carreira eclesial “junto aos pobres†. Mas essa imagem não é mais que uma fachada elaborada nos últimos anos. Quando em 2001 foi nomeado cardeal por João Paulo II, sua carreira religiosa deu um salto. Foi o momento em que transformou sua própria imagem, combinando sua “opção pelos pobres†com o férreo dogma da Igreja. Ao mesmo tempo em que condenava a pobreza, o tráfico de pessoas e (...)

SAUDAÇÃO INTERNACIONALISTA NA FRANÇA

Solidariedade de classe na PSA Aulnay

Saudação de Diana Assunção, diretora do Sintusp, militante do Pãe e Rosas Brasil e dirigente da LER-QI na PSA Aulnay na França. Em um momento no qual o problema do desemprego é uma das principais preocupações dos trabalhadores e jovens da França, o caso mais emblemático é o da fábrica do grupo Peugeot-Citroën (PSA) em Aulnay, que, junto a outras fábricas como da Goodyear e ArcellorMittal, está ameaçada de fechamento (o grupo que já prevê suprimir mais de 11.000 postos de trabalho em todo o país). (...)

A DOIS ANOS DA PRIMAVERA Ã RABE

Qual balanço para qual estratégia?

Por: Simone Ishibashi Os processos conhecidos como “primavera árabe†continuam se constituindo como um imenso desafio para a esquerda, que defendem diversas posições. Dentre os setores castristas, stalinistas e chavistas a posição defendida é de apoio aos ditadores questionados pelas massas, por seu pretenso caráter anti-imperialista uma política evidentemente nefasta contra a qual discutimos em diversos artigos . E há aqueles que defendem uma mera democratização dos regimes, por fora de qualquer perspectiva por mais (...)

FRENTE ÀS INUNDAÇÕES NA ARGENTINA

A tormenta é natural, os mortos e o desastre não

Por: Fernando Rosso, PTS , Ruth Werner, PTS A história da Argentina dos anos kirchneristas bem que poderiam ser contada através dos crimes sociais que se produziram sob seus governos. Cromañón [discoteca de Buenos Aires na região de Once, que deixou 194 mortos e quase 1500 feridos] no final de 2004, o Masacre do Once [choque de trem na Estação Once em Buenos Aires, que deixou 50 mortos e quase 700 feridos] em fevereiro do ano passado ou os mortos pelo temporal, na Semana Santa de exatamente um ano atrás. E agora, as novas (...)

ECONOMIA MUNDIAL

Uma nova fase da crise do euro

Por: Juan Chingo Ironicamente, um dos menores países da Europa [Chipre] com uma população de algo mais de um milhão de habitantes, e com um peso econômico de 0,2% do PIB da UE, poderia converter-se em um novo ponto de inflexão da crise da zona do euro. Leia também: O IMPERIALISMO ALEMÃO IMPÔS CONDIÇÕES HUMILHANTES AO CHIPRE

Nacional

COMISSÃO NACIONAL DA VERDADE

Há 49 anos do golpe, seguem os descaminhos da Comissão Nacional da Verdade

Por: Domenico Colacicco, diretor do Sintusp , Flávia Vale Completados 49 anos do Golpe Civil-Militar realizado em primeiro de abril de 1964, militares da reserva do Clube Militar do RJ se permitem o absurdo direito de querer comemorar o Golpe, reivindicando o feito contra a suposta “ameaça comunista†do governo de João Goulart e os supostos †terroristas†que resistiam.

FELICIANO, ALIADO DE DILMA

Um racista e homofóbico na presidência da Comissão de Direitos Humanos

Por: Francisco Pontes , Simone Ishibashi Não é de hoje que o governo Dilma leva adiante os interesses dos setores mais reacionários da sociedade no que se refere à s questões democráticas. Desde sua candidatura, Dilma já vinha declarando ser contra o direito ao aborto, alegando ser este uma “violência à mulher†demagogicamente mascarando que a maior violência são os milhares de mulheres mortas, em sua maioria trabalhadoras e mulheres pobres, todos os anos por terem que recorrer a abortos clandestinos. Tudo para não se indispor com a bancada (...)

Editorial

10 anos do PT no poder: a terceirização e a precarização da vida no governo Dilma

Por: Daniel Bocalini, estudante da Unesp de Marília , Flávia Ferreira Completados dez anos do PT a frente do governo federal, muita propaganda vem sendo feita em torno do “Decênio que mudou o Brasil†. Na ofensiva, a cúpula petista saí a organizar cartilhas e seminários em várias capitais para contrapor dois projetos supostamente antagônicos de país.

PERSEGUIÇÃO POLà TICA NA PUC-SP

Contra a perseguição a Bia Abramides!

Contra os processos administrativos sofridos por Beatriz Abramides (professora da PUC-SP)

Teoria

DISCURSO ANTE A TUMBA DE MARX (ENGELS)

A 130 anos de sua morte

A seguir publicamos o emotivo discurso que Engels, seu amigo e companheiro de toda a vida, pronunciou ante sua tumba em Highgate, Londres, em 17 de março de 1883. Nele, Engels se referia ao grande revolucionário e a importância de seu legado.

Juventude

UNIVERSIDADES ESTADUAIS PAULISTAS

Contra o racismo e a exclusão do PIMESP, é necessário lutar pelo fim do vestibular!

O PIMESP selecionará, pela via do ENEM, os jovens de escolas públicas que têm média destacada para entrar em um curso de dois anos, à distância, (college) onde supostamente seriam preparados para o ingresso na universidade. Segundo declarações do governo, esses jovens serão preparados para o ambiente universitário e para a “civilidade do ensino superior†. Essa ideia fundamentada no mérito, possui seu “projeto-piloto†na Unicamp pela via do ProFIS, onde escassas vagas se destinam aos “melhores†(...)

II Congresso da Anel

Comecemos a construir o congresso da ANEL para lutar contra a repressão ao movimento estudantil, aos movimentos sociais e por nossos direitos!

Por: Jenifer Tristan, Rio de Janeiro , Virginia Guitzel Este congresso pode e deve dar passos claros para organizar e nacionalizar a luta pela extinção dos processos aos 72 da USP, lutar contra a repressão e assassinatos aos lutadores no campo, os trabalhadores presos nas obras do PAC, a repressão sofrida por professores por pronunciarem-se contra reitorias, governos e burocracias sindicais governistas como sofrem Bia Abramides da PUC-SP por lutar contra a intervenção da igreja católica, e Ricardo Antunes da UNICAMP pelo braço do governo em (...)

Movimento Operário

Professores da rede estadual de SP

Unidade contra o governo e a burocracia: plano de luta para valer para construir a greve!

Por: João de Regina , Márcio Barbio Professores, em assembleia no dia 15/03, aprovaram iniciar uma greve da categoria no dia 19/04. A mobilização no estado de SP fará parte da greve nacional convocada pela CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação), entre os dias 22 e 26/04.

Eleições de delegados sindicais no metrô de São Paulo

Metroviários Pela Base elege delegados em defesa da democracia dos trabalhadores, da aliança com os usuários e da unidade entre efetivos, terceirizados e temporários!

Por: Guarnieri - Delegado Sindical eleito na Estação Santa Cruz , Marília Rocha - Candidata a Delegada Sindical no ITT (Operadores de Trem da Linha 3 – Vermelha) A agrupação Metroviários Pela Base, impulsionada pela LER-QI e trabalhadores independentes, até o momento do fechamento desse artigo, elegeu 5 delegados (no JAT- Operadores de Trem da L1 – Azul e nas Estações Santa Cruz, Sé, Luz e Armênia), considerando que ainda falta acontecer as eleições no ITT (Operadores de Trem da L 3 – Vermelha) e no PAT (Manutenção do Pátio Jabaquara).

A precarização tem rosto de mulher

LUTA DAS MULHERES E LUTA DE CLASSES

Trabalhadoras do Brasil e da França falam de gênero e luta de classes

Por: Diana Assunção Na última terça-feira, dia 26 de março, os Coletivos Feministas Garçes e ROSA, junto ao Coletivo de Estudantes Solidários aos Trabalhadores em Luta, organizaram na Escola de Ciência Política de Paris, França, um importante debate com o tema « Mulher e Trabalho: a luta segue! ». Na mesa estavam Severine, trabalhadora demitida do grupo 3 Suisses e militante do Coletivo Licenci'elles, Diana Assunção, diretora do Sindicato dos Trabalhadores da Universidade de São Paulo (Sintusp) do Brasil e militante (...)

"A PRECARIZAÇÃO TEM ROSTO DE MULHER" - 2ª EDIÇÃO

Mais de 300 trabalhadores e estudantes lotam a Casa Socialista Karl Marx no lançamento e o livro se difunde rapidamente

Nestas páginas, queremos expressar o grande lançamento da 2ª edição do livro “A precarização tem rosto de mulher†, das edições ISKRAS, que, no dia 9 de março, como parte das atividades do dia internacional das mulheres lotou a Casa Socialista “Karl Marx†com mais de 300 pessoas, com a presença de trabalhadora(e)s terceiriza@s de diversas empresas, trabalhadoras da luta das merendeiras em Campinas, trabalhadores de fábricas, professores, metroviários, bancários, mas também de dezenas de estudantes e (...)

A PRECARIZAÇÃO TEM ROSTO DE MULHER

Depoimentos sobre o Livro