Palavra Operária Nº105

CONTATO ler-qi@palavraoperaria.org

Editorial

ASCENSO DE GREVES E LUTAS EM TODO O RIO DE JANEIRO

Unificar o ativismo operário para coordenar as lutas e fazer uma paralisação de todo o Rio!

Todas as condições estão dadas para uma paralisação geral do Rio para o triunfo de todas estas lutas e para impor um aumento geral dos salários de 40% a todos trabalhadores (seguindo a reivindicação dos rodoviários), como parte da luta para que todos trabalhadores recebam ao menos o salário mínimo calculado pelo DIEESE, atualmente em R$ 3019,07.

UMA ONDA DE GREVES PERCORRE O PAÃ S

Que as centrais sindicais convoquem uma paralisação nacional para unir as greves e retomar as demandas de junho

Por: Daniel Matos A greve dos rodoviários de São Paulo termina de colocar no centro do cenário político nacional não só a crescente disposição de luta da classe trabalhadora, mas também o desgaste das direções sindicais e os métodos radicalizados de luta operária.

Movimento Operário

ELEIÇÕES DA APEOESP 2014

Espetacular luta política e votação do PROFESSORES PELA BASE !

Por: Professores Pela Base Na zona norte da capital o Professores pela Base enfrentamos todo tipo de fraude, manobras e intimidações. O medo da burocracia petista em perder espaço era tão grande que chegaram a ameaçar não entregar os crachás dos nossos fiscais, e depois se recusaram a deixá-los realizarem seu trabalho, desrespeitando o estatuto recorrentemente. Como se isso não bastasse, os nomes de nossos principais candidatos constavam diferentes na cédula, em relação ao que foi entregue à comissão (...)

USP EM GREVE!

Por uma grande greve unificada em defesa dos salários, empregos e da educação pública, gratuita e de qualidade!

Por: Pablito Santos, diretor do Sintusp e trabalhador do Restaurante da Física Depois de 4 anos, os trabalhadores da USP voltam à cena em um dia histórico de paralisação com 2 mil trabalhadores representando dezenas de unidades que se reuniram na última semana. A resposta ao 0% que o CRUESP insistiu em manter na reunião de negociação hoje foi contundente: greve! A partir da próxima terça-feira os trabalhadores da USP estarão em greve já colocando na linha de frente a auto-organização dos trabalhadores com um comando de greve com delegados eleitos nas reuniões de (...)

USP EM GREVE!

Os terceirizados também não vão pagar com seus empregos pela crise da burocracia acadêmica

Frente à crise o maior alvo agora são os terceirizados: estão reduzindo o quadro de todas as unidades em 10% a 30%, demitindo centenas de trabalhadores que ficam sem emprego, enquanto aumenta a sobrecarga de trabalho sobre os que ficam, inclusive os efetivos.

GREVE DOS RODOVIÃ RIOS DE SP

Greve dos rodoviários de São Paulo atropela a burocracia sindical

Na terça-feira 20 de maio a cidade foi surpreendida por uma contundente paralisação dos cobradores de São Paulo, que utilizando os ônibus para bloquear os principais terminais e avenidas chaves abriram uma crise em toda à cidade, repercutindo em todo o país.

GREVE DOS PROFESSORES MUNICIPAIS DE SP

Contra o corte de ponto de Haddad, fortalecer a luta com comandos de greves de base

Por: Vinícius Spinelli – professor municipal em greve Nós, professores municipais de São Paulo, estamos em greve desde o dia 23/04, em luta contra os ataques e o projeto de precarização de ensino que seguem, agora pelas mãos de Haddad e do PT.

Juventude

JUVENTUDE ÀS RUAS

Unificar as lutas por educação em todo o país e organizar os estudantes para lutar contra a Copa dos patrões!

Por: Daniel Bocaline, estudante da Letras da USP O dia de mobilização nacional chamado para o último dia 15 de maio demonstrou que há disposição da juventude em intensificar as lutas à beira da Copa. O ato unificado do fim da tarde em São Paulo poderia ter sido muito maior se não tivesse sido reprimido pela PM logo no início. Mesmo assim, a preparação para o 15M mostrou os limites das direções majoritárias dos movimentos de juventude e do movimento (...)

Ideologia

EDIÇÕES ISKRA

Lançamento de "A revolução Espanhola reúne 150 pessoas na USP!

Na última quarta-feira, 07 de maio, cerca de 150 pessoas participaram do lançamento da compilação de escritos de Leon Trotski sobre a Revolução Espanhola no auditório da Geografia da USP. A mesa contou com a participação de Antonio Quiozini pelas Edições Iskra e Elisabeth Yang pelo Centro de Estudios, Investigaciones y Publicaciones León Trotsky da Argentina.

WENDY GOLDMAN NO BRASIL!

“Mulher, Estado e revolução†de Wendy Goldman, chega ao Brasil em pleno maio operário

Por: Diana Assunção Não haveria momento melhor pra lançar o livro “Mulher, Estado e revolução†no Brasil. Em meio a greves operárias e manifestações, trazer a tona os debates mais profundos que os revolucionários e a classe operária russa levaram adiante será fonte inesgotável de lições para a classe operária brasileira, em especial as mulheres.

Questão Negra

QUESTÃO NEGRA

13 de maio, a questão negra e a Copa do Mundo

Ao passo que a copa do mundo se aproxima, a questão negra explode em todo o país. Hoje é fato que esse evento esta sendo construído sob suor e sangue dos trabalhadores, em sua maioria negros.