Palavra Operária Nº 051

CONTATO ler-qi@palavraoperaria.org

Nacional

EDITORIAL

Se atacam um, atacam todos

Com a chegada da crise econômica ao Brasil, os trabalhadores já começaram a sentir suas conseqüências na própria pele.

OPINIÃO

Na USP, ditadura ontem e hoje

Por: Michel Silva Desde o primeiro momento em que recebi a notícia da demissão por “justa causa†do camarada Brandão, não pude deixar de lembrar da larga trajetória de políticas de repressão dentro da Universidade de São Paulo (USP) e da forma como foi utilizado o Ato Institucional nº 5 (AI-5) para acabar com a presença dos “subversivos†.

Campanha contra a demissão de Brandão

CONTRA A DEMISSÃO DO BRANDÃO

Falam os trabalhadores da USP...

“Estou aqui pra dar um apoio para o Brandão. Sou contra sua demissão porque ele sempre defendeu a gente se fizeram isso com ele vão fazer com a gente também.†Oseias - PCO (Prefeitura do campus da Capital)

Carta do Brandão aos apoiadores

A minha demissão não é um ataque a um indivíduo. O que a reitoria está tentando aniquilar quando me demite é mais do que a minha pessoa, é a organização e combatividade dos trabalhadores da USP.

Moções de intelectuais e professores

A demissão do Brandão prova que hoje ele é a figura mais importante e crucial da Universidade de São Paulo.

CAMPANHA

Manifesto de intelectuais e organizações contra a repressão e as novas medidas contra a qualidade de ensino na USP

No dia 4 de novembro, mais de 300 pessoas realizaram um grande ato contra a repressão e os ataques à qualidade de ensino na USP, com a presença de importantes personalidades como Chico de Oliveira e o deputado Carlos Giannazzi do PSOL. Este ato foi o ponto culminante de uma campanha que vinha sendo impulsionada através de um “Manifesto contra a repressão e os ataques à qualidade de ensino na USP†, assinado por intelectuais como Paulo Arantes, Ricardo Antunes, Ricardo Antunes, Fábio Konder (...)

SOLIDARIEDADE

Organizações sindicais e movimentos sociais

Brandão é funcionário da USP há 21 anos, dirigente sindical do SINTUSP, desde 2007, e foi demitido arbitrariamente pela reitora da USP Sueli Vilela com a conivência da maioria da burocracia do CONSUN.

SOLIDARIEDADE

Organizações de esquerda

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado vem manifestar total repúdio à demissão de Claudionor Brandão, trabalhador integrante do quadro de funcionários da Universidade de São Paulo, a USP.

Juventude

JUVENTUDE

Realizou-se a plenária aberta do Movimento A Plenos Pulmões

Por: Rafael dos Santos No dia 13/12, no Sintusp, com a presença de quase 100 estudantes universitários de várias universidades públicas e privadas, de São Paulo e do Rio de Janeiro, além de secundaristas e jovens trabalhadores, começamos a plenária com uma teleconferência com companheiros da Fração Trotskista da Itália e do Estado Espanhol (EE), para discutir as tarefas da juventude frente à crise capitalista.

UNIVERSIDADE

Elementos de balanço das eleições do DCE da USP e perspectivas

Por: Flávia Valle Governistas massacrados e o novo petismo (PSOL + PCB) sofre derrota histórica. Nada será com Antes? É isso que uma série de ativistas está se perguntando.

Mulher

NÚCLEO PÃO E ROSAS

Conheça e discuta nosso manifesto!

Este manifesto convida à construção de um forte movimento militante de mulheres trabalhadoras, terceirizadas e desempregadas, estudantes e jovens, chamado Pão e Rosas, que lute pelos nossos direitos e para acabar com esse sistema de opressão e exploração!

Internacional

INTERNACIONAL

Revolta social na Grécia

Por: Simone Ishibashi No sábado, 6 de dezembro, as ruas das principais cidades gregas, como Atenas, Hania, Creta e Salônica foram tomadas por milhares de manifestantes que protestavam contra o assassinato de Andreas Grigoropulos, de 15 anos, pela polícia. A manifestação apesar de duramente reprimida pela polícia, durou horas tendo se estendido para o domingo, deixando o saldo de 40 feridos.

ESTADO ESPANHOL

A luta contra o plano Bolonia revoluciona os estudantes

Por: Cynthia Lub, Clase Contra Clase Estado Espanhol Os conflitos sociais dentro de nossas universidades ressoam com uma acústica de luxo. Nós estudantes provocamos uma vez mais o ruído que faz de nossas aulas caixas de ressonância de nosso protesto. Nossa orquestra é ruidosa e os deixam aturdidos. Nossa luta não é passageira, como a mídia anunciou nestes dias.

CHICAGO

Ocupam fábrica na terra de Obama

Entre os dias 5 e 11 de dezembro, os trabalhadores da Republic Doors & Windows, fábrica de portas e janelas de Chicago nos EUA, ocuparam a planta ao tomarem conhecimento que a fábrica seria fechada e não receberiam seus direitos assegurados por lei.

DIANTE DO TRIPLO ASSASSINATO DE TRABALHADORES

Importante ato nacional na Venezuela

No dia 4 de dezembro realizou-se o “Grande ato nacional de protesto contra a pistolagem e a impunidade†convocado pela União Nacional de Trabalhadores do Estado de Aragua e várias organizações políticas da esquerda.

ÚLTIMA HORA

Greve geral de 24 horas na Grécia

Em meio à pior revolta social dos últimos 30 anos, a Grécia ficou totalmente paralisada por uma greve geral de 24 horas. As escolas, prédios públicos, aeroportos e bancos permaneceram fechados, os hospitais prestavam somente serviços de emergência, os transportes estavam completamente parados e a maioria do comércio fechou suas portas.

PARA SABER MAIS

Grécia: mais uma revolução esmagada com o aval do Stalinismo

Como vimos, a tradição de luta da classe operária e da juventude grega não vem de hoje. Em plena II Guerra Mundial desenvolveu-se em 1943 uma fortíssima resistência armada operária e camponesa contra a invasão alemã.