Palavra Operária Nº 019

CONTATO ler-qi@palavraoperaria.org

Nacional

Editorial

Um primeiro balanço da crise política e as perspectivas para os trabalhadores e a esquerda

Por: Daniel Matos A crise política viveu seu momento mais agudo quando o marketeiro Duda Mendonça revelou a existência de “caixa 2†na campanha eleitoral que colocou Lula na presidência. Nesse momento, o PDSB e o PFL avaliaram a possibilidade de abrir um processo de impeachment.

O “caso Geraldo†e o PSOL: O “custo ético†da adaptação àdemocracia burguesa

Por: Luis Siebel No interior da longa crise política que colocou em chamas todo o “jogo democrático†da República e dos partidos burgueses, um fato político secundário em relação a toda essa movimentação da classe política como preparação para o cenário de 2006 foi a saída do senador Geraldo Mesquita Jr do PSOL, após uma série de denúncias sobre a “apropriação indevida†de parte dos salários dos seus funcionários de (...)

Internacional

Bolívia: Triunfo dos trabalhadores do Aeroporto de El Alto

Nasceu o Sindicato de Trabalhadores da SABSA e Ramos Afins

Por: Javo Ferreira, LOR-CI Na semana passada nasceu o SitraSABSA (trabalhadores aeronáuticos), como parte de um incipiente processo de recomposição em setores da classe trabalhadora, com três particularidades importantes: surge em luta contra uma patronal imperialista, é parte dos serviços modernos mais concentrados e sua direção democrática e combativa se propõe a apoiar o processo de reorganização operária.

A um ano da reeleição de Bush: crise no coração do império

Por: Simone Ishibashi Há um ano Bush fora reeleito para mais um mandato, que deve se encerrar em 2009. Sua vitória significou conjunturalmente um voto favorável de grande parte da população norte-americana, sobretudo um setor reacionário cristão radical junto à pequena-burguesia branca, à ofensiva de ocupação do Iraque.

Zanon: um passo adiante

A crônica deveria começar descrevendo a expressão contida nos rostos experientes dos operários e operárias de Zanon. Há um clima reflexivo. No fundo, a emoção que pulsava para sair se reflete nos olhares. A assembléia indaga cada ponto da resolução judicial. Como é comum no saguão da fábrica, escutavam-se as vozes e as opiniões de uns e outros.

Os jovens das “banlieues†disseram basta àrepressão policial racista: Revolta nas periferias francesas

Por: Lucas Pizzuti, PTS Hoje as periferias parisienses se encontram em revolta. Desde 7 noites (contando da redação deste artigo, em 3 de novembro), importantes grupos de jovens dos bairros mais empobrecidos se enfrentam com a polícia. O estouro iniciou-se em Clichy-sous-bois, periferia situada ao norte de Paris, e na sexta noite se estendeu a grande parte da periferia norte da capital.

Especial

Leon Trotsky

O que é a revolução permanente?

A teoria da revolução permanente exige na atualidade a maior atenção da parte de todo o marxista, porque o desenvolvimento da luta ideológica e da luta de classes faz definitivamente sair esta questão dos domínios das recordações de velhas divergências entre marxistas russos, para a colocar como a questão do caráter, do nexo interno e dos métodos da revolução internacional em geral.