Palavra Operária Nº 005

CONTATO ler-qi@palavraoperaria.org

Nacional

Governo Lula negocia novo acordo com o FMI

Trabalhadores pagam a crise gerada pelos patrões

Por: Basílio Abramo O avanço das contra-reformas dos banqueiros e dos grandes capitalistas impulsionadas por Lula, que significam um duro golpe contra os trabalhadores, continuam mostrando, com suas medidas antipopulares, a verdadeira face deste governo a serviço da grande patronal.

Uma nova estratégia para enfrentar o governo e a patronal

A situação política exige novos métodos e novos organismos de luta

Por: Jaime Caribé Os servidores públicos federais realizaram a primeira luta nacional contra as medidas do governo Lula-Alencar. Contra a reforma da previdência – que era o primeiro teste do governo para confirmar a confiança definitiva da burguesia e do imperialismo –, em quase 40 dias, mais de 400 mil servidores públicos protagonizaram uma dura luta para defender seus direitos e tentar impedir que o governo, em aliança com os patrões, banqueiros e imperialistas, retirasse direitos básicos do (...)

Unir e coordenar os trabalhadores por uma política superior

Por: Jaime Caribé Infelizmente, os trabalhadores, além da barreira imposta pelos dirigentes sindicais da CUT aliados ao governo e à patronal não encontram uma alternativa que lhe estimule a lutar decididamente.

Sindicalistas do PT e do PCdoB atuaram para derrotar a greve dos Correios

Por: Jander Jurra Importantes categorias de trabalhadores têm sua data-base em setembro, como petroleiros, bancários e metalúrgicos. Mas quem inicialmente resolveu cruzar os braços diante da intransigência da patronal e do governo em atender suas reivindicações foram os trabalhadores dos Correios.

A Revolta do Buzu

Rua, rua, rua, a luta continua

Por: Marcelo Tupinambá Mais um ataque às condições já miseráveis de vida da juventude e da classe trabalhadora era preparado. A bola da vez: a tarifa de ônibus em Salvador. O já absurdo R$ 1,30 não bastava para a burguesia, essa minoria rica com o suor da classe trabalhadora. Quiseram aumentar para R$ 1,50. Dessa vez não foi fácil.

Governo Lula perdoa dívida da AES-Eletropaulo para o povo pagar

Por: Guto Rivera Na última semana assistimos a mais um assalto imperialista aos cofres públicos do país com a cumplicidade do próprio governo nacional, pois a maior companhia elétrica do Brasil, a Eletropaulo, privatizada durante o governo FHC – diga-se de passagem a preço de banana e com o dinheiro do próprio Tesouro Nacional –, revelou uma imensa dívida de mais de US$ 1,3 bilhão contraída desde a compra da distribuidora pela multinacional norte-americana (...)

Pela liberdade imediata de todos os sem terra

Cadeia aos assassinos dos trabalhadores do campo

Por: Igor Martins É notório que nos últimos meses a luta pela terra se intensificou. E nos últimos três meses houve um recrudescer ainda maior da luta no campo, com uma série de ocupações e marchas por todo o território nacional.

Os planos do governo Lula para a educação

Por: Simone Ishibashi , Thiago Flamé A política para a Educação, imple-mentada nesses dez meses pelo governo segue a mesma linha dos ataques gerais à população. De conjunto, se baseia no aprofundamento das políticas neoliberais de FHC.

Eleições universitárias

É necessário revolucionar a atuação das entidades estudantis

As diversas correntes que atuam no movimento estudantil têm reproduzido por anos a fio nas entidades a mesma lógica petista burocrática e de conciliação de classes.

Por um Partido Revolucionário dos Trabalhadores

Por: Basílio Abramo , Edison Salles A nova situação aberta com a eleição de Lula está marcada pela possibilidade real de uma experiência ampla das massas trabalhadoras com suas principais direções históricas.

Internacional

O fracasso da reunião da OMC em Cancun

Por: Aldo Santos, LTS-CC Na última semana assistimos a mais um assalto imperialista aos cofres públicos do país com a cumplicidade do próprio governo nacional, pois a maior companhia elétrica do Brasil, a Eletropaulo, privatizada durante o governo FHC – diga-se de passagem a preço de banana e com o dinheiro do próprio Tesouro Nacional –, revelou uma imensa dívida de mais de US$ 1,3 bilhão contraída desde a compra da distribuidora pela multinacional norte-americana (...)

Bolívia

Último momento

Por: LOR-CI, Bolívia Comunicado da LOR-CI diante da matança realizada pelas tropas governamentais no sábado dia 20.

O Iraque no centro da política mundial

Por: Daniela Jinkings A situação no Iraque segue sendo altamente instável. Aos ataques de tipo guerrilheiro contra as tropas de ocupação norte-americanas e britânicas, se somou o início de atentados massivos, como as numerosas sabotagens a oleodutos e aquedutos, que aumentam os gastos do imperialismo com infra-estrutura e também a revolta da população local contra a ocupação.

Escalada israelense contra o povo palestino

Por: Claudia Cinatti, PTS O governo israelense do direitista Sharon vem aplicando sua própria versão da “guerra contra o terrorismo†e os “ataques preventivos†para quebrar a resistência do povo palestino. Desde o começo da segunda intifada, o Estado de Israel tem assassinado sistematicamente dirigentes e ativistas os quais acusa de “terroristas†.

Chile, 30 anos depois do golpe militar

Lições do processo revolucionário chileno

Em 11 de setembro completava-se 30 anos do sangrento golpe de Estado de Pinochet, da direita e do imperialismo contra os trabalhadores e o povo chileno. Como nunca antes, retoma-se o debate sobre o processo e os balanços, sobre as causas e conseqüências deste golpe, como se expressa nos massivos atos, marchas, seminários e palestras sobre o tema, não só no Chile, mas também internacionalmente.