Palavra Operária Nº 004

CONTATO ler-qi@palavraoperaria.org

Nacional

Governo Lula com suas medidas se enfrenta com os trabalhadores

Por: Basílio Abramo No curto período de sete meses do governo Lula, uma profunda crise social cruza o país, crise que se expressa no meio milhão de desempregados gerados pelas próprias medidas antipopulares do governo que se somam aos milhões de desempregados que há muito tempo perderam sua fonte de trabalho, na brutal queda do salário real que atinge níveis de 14,7% no mesmo período, na carestia de vida que segue a mesma dinâmica crescente e na miséria que permanece golpeando o povo pobre que continua se aglomerando (...)

Patrões iniciam plano de demissões para que trabalhadores paguem a crise

Por: Jaime Caribé Em junho passado, dirigentes empresariais ameaçavam com milhares de demissões com o argumento de que a crise econômica se aprofundava e a recessão e os juros altos impediam a reativação da produção. Nesse momento essas ameaças apareciam como uma chantagem patronal para exigir que o governo diminuísse as taxas de juros e apresentasse medidas que favorecessem a reativação econômica.

Servidores públicos definem continuar e ampliar a greve

Por: Jaime Caribé No dia 8 de agosto a Plenária Nacional dos Servidores Públicos Federais (SPFs) definiu os rumos da greve que comemorava 30 dias. Com euforia e por unanimidade 319 representantes das entidades dos servidores aprovaram a continuidade da greve, reafirmando a posição de ampliar a greve para barrar a reforma da previdência imposta pelo governo Lula. A votação de continuidade da greve teve como pano de fundo canções como "Eu tô de pé, eu não caí, essa reforma é do (...)

Esquerda petista e PCdoB votam a favor da reforma

A votação da reforma da previdência também desmascarou o discurso pseudo-radical da esquerda petista que nas bases e nas manifestações dos servidores defendia a "reforma da reforma".

Devemos apoiar o movimento dos juízes e magistrados?

Por: Jander Jurra Nos últimos dias, foi muito noticiada a ameaça de "greve" do Poder Judiciário, que está reivindicando tratamento especial na Reforma da Previdência. A possível "paralisação" está suspensa, mas suas principais bandeiras continuam sendo a elevação do sub-teto de 75% para 90,25% e a administração de um fundo de pensão. Sendo feitas estas mudanças adicionais, o Poder Judiciário apoiará a Reforma da (...)

A luta por uma moradia digna

Por: Guto Rivera , Miriam Rouco Multiplicam-se as ocupações de terrenos e prédios abandonados nas cidades, como resposta do povo pobre aos brutais ataques às condições de vida, produto das crises econômicas capitalistas que preservam os lucros patronais e lançam milhões no desemprego e na miséria.

Os sem terra ocupam terras e enfrentam o latifundiário

Por: Igor Martins As lutas no campo têm se intensificado desde o início do ano. Nos últimos dois meses houve uma "onda" de ocupações e atos em diversas regiões do país protagonizados pelos camponeses pobres, onde ocuparam terras em todo o território nacional aumentando em 62% o número de ocupações em relação ao mesmo período do ano passado. Em estados como Pernambuco, já ultrapassaram a marca de 143 acampamentos, com 18.884 famílias acampadas na (...)

Pelo direito àautodefesa dos camponeses sem-terra

Por: Igor Martins Como resposta da reacionária burguesia latifundiária brasileira às lutas no campo, surgem bandos armados e contratados por estes para defender sua propriedade privada. A violência contra os trabalhadores sem-terra cresce dia a dia: neste primeiro semestre já houve 25 assassinatos de sem-terras oficialmente reconhecidos.

A necessidade da construção do partido revolucionário

Por: Edison Salles A necessidade da construção de um partido revolucionário se transforma numa tarefa imperiosa hoje mais do que nunca, para preparar e organizar os trabalhadores frente aos novos acontecimentos que começam a se desenvolver.

Um balanço necessário

A experiência das correntes no PT

Ao iniciar o imperioso debate sobre a construção do novo partido, é necessário discutir a trajetória das distintas correntes, no longo período que se estende da fundação do Partido dos Trabalhadores até o momento atual. Isto porque esta trajetória não pode deixar de ser examinada com atenção - quanto mais porque o petismo deixou marcas profundas nas concepções teóricas e práticas, nas estratégias e nas formas de atuação cotidiana de tais (...)

As demissões na General Motors e a política do PSTU

Por: Basílio Abramo A onda de demissões no país ataca fortemente um dos pólos industriais mais importantes do Estado de São Paulo, como a região do ABCD e o Vale de Paraíba . São mais de 24 mil operários das indústrias automotivas enviados "temporariamente" a suas casas sob as chamadas "férias" coletivas forçadas.

Internacional

Os Estados Unidos depois da guerra do Iraque

Como é o governo de Bush

Por: Juan Chingo A conquista de Bagdá e a instauração de uma administração neocolonial são as operações mais importantes levadas adiante pelas ofensivas guerreiristas dos Estados Unidos.

Teoria

Homenagem a León Trotsky: 63 anos de seu assassinato

O que é uma situação revolucionária?

Este breve artigo foi preparado por Trotsky após uma discussão com Albert Glotzer sobre o projeto de teses de F.A. Ridley e Chandu Ram, critica em Tarefas da Oposição de Esquerda na Grã Bretanha e a à ndia.