Terça 25 de Junho de 2019

Nacional

ELEIÇÕES

Os reveses de Lula e do PT nas eleições municipais

31 Oct 2008   |   comentários

As eleições municipais, recentemente concluídas, tiveram um resultado contraditório para Lula e o PT.

Por um lado, o conjunto dos partidos do governo (PT-PMDB-PP-PTB etc.) tiveram ganhos eleitorais enquanto o conjunto dos partidos da oposição (PSDB-DEM-PPS) tiveram perdas em relação às eleições de 2004. Isso revela que a alta popularidade de Lula teve uma influência importante.
Por outro lado, a derrota que o PT sofreu em algumas das principais capitais do país, e em especial em São Paulo, dá àvitória eleitoral um amargo sabor de derrota política para Lula e o PT. Isso foi uma demonstração de como nos principais centros urbanos o elemento determinante nos resultados foi a inércia do ciclo de crescimento dos anos anteriores, que terminou favorecendo um índice inédito de reeleições.

O resultado eleitoral em São Paulo fortalece em grande medida a José Serra, o principal adversário de Lula nas eleições presidenciais de 2010. E o resultado obtido pelo PMDB, que saiu como o principal ganhador de pleito, é na verdade uma faca de dois gumes para o lulismo.
O PMDB é um partido composto por caciques regionais que buscam se beneficiar o máximo possível dos “oficialismos†mais fortes de cada momento. Isso faz com que o governo a partir de agora tenha que “pagar†um preço mais alto por este aliado. E coloca um cenário para 2010 bem mais indefinido, pois na medida em que a crise económica venha a debilitar o lulismo, importantes setores do PMDB podem progressivamente começar a migrar para o “barco†de Serra, como já acontece em São Paulo.

Esta combinação entre o resultado eleitoral e a deterioração das condições económicas coloca um cenário de muitas incertezas sobre a capacidade de sustentação do “fenómeno Lula†em médio prazo; ainda que não seja mecânico e nem tampouco automático o debilitamento da popularidade de Lula em função da crise económica.

Artigos relacionados: Nacional









  • Não há comentários para este artigo