Movimento Operário

SÃO BERNARDO DO CAMPO - SP

Nenhuma demissão na Volks!

06 Jan 2015   |   comentários

No mesmo dia em que a mídia divulga que a Volks é a indústria de automóveis que mais vende no mundo a patronal anuncia centenas de demissões.

No mesmo dia em que a mídia internacional divulga que a Volks é a indústria de automóveis que mais vende no mundo, os trabalhadores da planta de São Bernardo do campo, ABC paulista, tem que enfrentar a dureza da patronal com as demissões em massa de 800 trabalhadores.

A volks alega crise de produção e diz que não pode parar em 800 demissões, querem chegar a 2200 trabalhadores no total. São centenas de famílias que do dia para a noite não tem garantia de futuro, com um mero telegrama, muitos souberam no último dia do ano que não teriam mais emprego.

O último acordo feito entre patronal e sindicato foi no ano de 2012 e previa que só ocorreriam demissões pela via do PDV ou de trabalhadores que se aposentassem, nesse caso, todos os direitos seriam garantidos, o acordo devia valer até 2019. No fim do ano passado a patronal chamou o sindicato para anunciar que implantaria o PDV de 2100 trabalhadores e o congelamento dos salários até 2016, porém na última assembleia do ano o acordo entre sindicato e empresa foi rejeitado de forma unânime por todos os trabalhadores, ninguém aceitou as demissões!

A resposta patronal foi então implacável: 800 trabalhadores em uma tacada, descumprindo, assim o acordo firmado em 2012.

As demissões em massa na Volks São para garantir lucros ainda mais exorbitantes dos patrões que querem aprofundar a terceirização e a precarização do trabalho, num ano que já começou cheio de ajustes por parte do governo federal, cujo o principal ataque é justamente ao direito ao seguro desemprego! As demissões massivas na Volks são parte de um pacote de maldades de Dilma e de seus aliados, quês estão no próprio PT, mas também no PSDB e os diversos partidos dos patrões, para descarregar nos trabalhadores o peso da crise econômica e garantir com as demissões que os mega empresários continuem lucrando cada vez mais!

A greve foi votada por unanimidade! Todos sabem que o desemprego aumentou e que não tem novas vagas! A greve é a partir de agora e será dentro da fábrica, com atividades todos os dias, a luta contra as demissões na Volks deve ser tomada por todas as categorias e por todos os trabalhadores, se aceitarmos essas demissões, elas poderão se expandir por outras fábricas e garantir assim uma correlação de forças favorável para que as patronais demitam ainda mais e os governos- Dilma e Alckimin apliquem seus planos.

Fazemos um chamado para que a CSP-Conlutas, Intersindical e todos os sindicatos e categorias tomem profundamente essa luta, mostrando que é possível lutar e vencer a partir de uma campanha nacional em defesa dos trabalhadores da volks!

Contra as demissões! Nenhum trabalhador na rua!

Fotos da grande assembleia



Artigos relacionados: Movimento Operário , ABC Paulista









  • Não há comentários para este artigo