Juventude

FORA POLÃ CIA DAS UNIVERSIDADES, MORROS E FAVELAS!

NÃO A POLà CIA NA UFABC!

12 Mar 2015 | Hoje, quarta-feira, 11 de Março, a GCM entrou na universidade e revistou alguns jovens por volta de 1 hora. Um estudante que acompanhava a cena de longe, achando absurdo sua presença, gritou que a polícia saísse. Mesmo sem qualquer prova ou evidencia, os policiais agrediram o estudante e o algemaram, levando-o junto de outra estudante que estava próxima da truculência da GCM.   |   comentários

Nas últimas semanas a GCM tem feito rondas, enquadrando e intimidando estudantes na tentativa de restringir a utilização dos espaços da universidade para vivência e lazer. Sob a justificativa de busca de supostos usuários de maconha.

Hoje, quarta-feira, 11 de Março, a GCM entrou na universidade e revistou alguns jovens por volta de 1 hora. Um estudante que acompanhava a cena de longe, achando absurdo sua presença, gritou que a polícia saísse. Mesmo sem qualquer prova ou evidencia, os policiais agrediram o estudante e o algemaram, levando-o junto de outra estudante que estava próxima da truculência da GCM.

Nós da juventude ÀS RUAS e Pão e Rosas – ABC, viemos por meio dessa nota expressar nosso repudio a ação truculenta da GCM contra os estudantes da UFABC – Campus de São Bernardo.

Partimos de que a Universidade é um espaço público, que deveria ser aberto ao conjunto da população e estar a serviço de responder aos distintos problemas sociais que atingem a maioria da população e dos trabalhadores. Para conquistar esse projeto de universidade àserviço dos trabalhadores, não podemos aceitar que a polícia – seja ela militar, GCM ou civil – transite na universidade cumprindo seu papel repressor tanto nas liberdades individuais quanto na repressão ideológica que com muita luta durante a ditadura militar conseguimos barrar.

A UFABC ainda não possuiu um espaço vivo de convivência e seu prematuro movimento estudantil tem já como tarefa lutar para conquistar seus espaços legítimos para lazer e para se organizar. Até este momento os estudantes estão presos, por isso, nos colocamos ao lado dos estudantes da UFABC para exigir a liberdade imediata dos estudantes! A polícia não iria fazer batidas na universidade sem o consentimento do Reitor. A reitoria tem que se pronunciar imediatamente! Fora polícia das universidades, morros e favelas!

Artigos relacionados: Juventude , ABC Paulista









  • Não há comentários para este artigo