Terça 22 de Outubro de 2019

Juventude

MOVIMENTO ESTUDANTIL

Importante ato em Rio Claro

11 Dec 2009   |   comentários

No último dia 6 de dezembro, o Diretório Acadêmico de Rio Claro, junto a estudantes da Geografia, Física, Biologia e Ecologia, organizou uma importante intervenção na Unesp, na data do vestibular da Univesp e da prova do novo Enem.

Nos últimos anos, Serra e Lula buscaram, em cada luta nas Universidades, isolar o movimento estudantil do conjunto da população taxando-nos de elitistas. Agora, com a Univesp e o Novo Enem aparecem como os que democratizam a educação e, assim, preparam o cenário eleitoral para 2010. Frente a esta situação nacional, é preciso um movimento estudantil que se contraponha apresentando um projeto de Universidade que supere os limites e amarras do elitismo, da burocracia acadêmica, e das grandes empresas. Por isso que dissemos:

´´Para o DA, esse é um momento fundamental para os estudantes da Unesp saírem as ruas para levantar a bandeira pela real democratização da Universidade e desmascarar os governos. É preciso dizer aos milhares de estudantes que não somos contra àUnivesp porque somos elitistas como diz Serra, mas porque achamos que os governos que repassam milhões aos empresários e banqueiros corruptos tem plenas condições de garantir vagas presenciais para todas e todos. Governo que deve garantir também bolsas para que os professores da rede pública possam concluir seus estudos com dignidade e tenham condições de sustentar suas famílias.

Temos que sair às ruas para desmacarar que não será o novo ENEM de Lula que vai democratizar a educação superior, mas somente o fim do vestibular, funil social que não permite que a juventude trabalhadora possa estudar.

Precisamos nos unificar com os estudantes que já sabem que não conseguirão entrar nas públicas e que terão que estudar nas particulares, lutando pela redução radical das mensalidades e construindo uma forte luta pela estatização dos monopólios particulares, como o grupo Anhanguera presente em Rio Claro, cujos donos que lucram horrores com o dinheiro contado de milhares de jovens são grandes empresários norte-americanos.´´ (BOLETIM DO DIRETÓRIO ACADÊMICO, NOVEMBRO DE 2009)

E foi com esse espírito que fomos domingo àtarde com nossas faixas, cartazes e panfletos discutir com cada estudante de escola pública, particular, técnica; com cada jovem trabalhador, com cada vestibulando qual o projeto de Universidade defendemos, como enxergamos a real democratização da Universidade e o caminho para essa luta. Sem dúvida alguma, uma ação que traz àtona uma nova geração de estudantes que sabem que será somente rompendo com os muros da Universidade, dialogando com o conjunto da juventude, e construindo dia-a-dia na Universidade uma nova tradição que supere o movimento estudantil apático e corporativista, lutar pela real democratização da Universidade e pela transformação radical da educação em nosso país..

Artigos relacionados: Juventude









  • Não há comentários para este artigo