Internacional

CHRISTIAN CASTILLO EM GESTAMP

Gestamp na Argentina: "Este triunfo dos operários é a melhor resposta ao discurso truculento de Cristina Kirchner"

31 May 2014   |   comentários

Este triunfo dos operários é a melhor resposta ao discurso gorila de Cristina Kirchner. Triunfou a decisão de não deixar-se pisotear pela patronal nem pela burocracia sindical. Triunfou a solidariedade de centenas de trabalhadores da Zona Norte e um enorme arco de organizações de direitos humanos, políticas e sociais, que vieram à porta da fábrica colocar o corpo no (...)

(Escobar, 31/5/14) Christian Castillo, deputado estadual do PTS na Frente de Esquerda, festejou junto aos trabalhadores na porta de Gestamp: “foram obrigados a ditar a conciliação obrigatória com todos os demitidos dentro, porque fracassaram em todas as tentativas de quebrar a vontade de luta impressionante dos companheiros que se entrincheiraram na ponte grua. Fracassaram as ameaças da polícia, da empresa, da burocracia sindical do SMATA, do fiscal penal. E, como se faltasse algo, hoje se somou Cristina a pressionar os operários, dizendo que não se podia tomar uma fábrica sem motivo. Com isto, justifica a prepotência das patronais que, como ela disse, “lucraram muito bem†e agora querem que a crise seja paga pelos trabalhadores. Este triunfo dos operários é a melhor resposta ao discurso gorila de Cristina Kirchner. Triunfou a decisão de não deixar-se pisotear pela patronal nem pela burocracia sindical. Triunfou a solidariedade de centenas de trabalhadores da Zona Norte e um enorme arco de organizações de direitos humanos, políticas e sociais, que vieram àporta da fábrica colocar o corpo no conflito. Em todo o país, houve mostras de apoio, e agora o exemplo de luta vai servir para estar mais fortes ante cada ataque patronal e ante o ajuste que está aplicando o governo. Na segunda-feira estaremos presentes, aqui na porta da fábrica, como estivemos todos estes dias, para garantir que a empresa cumpra a resolução do Ministério†.

Artigos relacionados: Internacional









  • Não há comentários para este artigo