Quinta 18 de Julho de 2019

Debates

PCO

Fazendo o jogo da burocracia cutista

23 Jan 2009   |   comentários

O Partido da Causa Operária perde todo senso de proporções e o contato com a realidade nacional na sua critica àesquerda trotskista. Na tentativa de esconder sua completa ausência das mobilizações em curso e sua adaptação àdireção cutista, o PCO chega ao absurdo de colocar um sinal de igual entre a Conlutas e a Força Sindical, afirmando que são apenas “duas caras da mesma moeda†. Além disso, repete o slogan da direção cutista, ao chamar a Conlutas de “Semlutas†.

Essa crítica baseada em amálgamas em nada colabora para forjar numa política de independência de classe os setores de trabalhadores que começam a despertar para a vida política sob os impactos da crise económica. Na verdade é uma critica que não serve para nada, só para isolar ainda mais o PCO dos setores de trabalhadores antigovernistas que se organizam na Conlutas e aproximá-lo, na pratica, ainda mais da burocracia sindical. Uma vez mais, PCO ataca a esquerda (os trotskistas) se colocando desta vez do lado da burocracia, como fez no primeiro de maio de 2008, boicotando o ato antigovernista e se aliando com os maoístas.

Artigos relacionados: Debates









  • Não há comentários para este artigo