Gênero e Sexualidade

Dia Internacional das Mulheres

Em Minas Gerais, façamos também como as professoras do Paraná!

10 Mar 2015   |   comentários

Na última sexta, dia 6 de março, foi realizado em Belo Horizonte o ato unificado do 8 de março sob o eixo “ Mulheres contra a violência doméstica, sexual e do Estado†.
Cerca de 200 pessoas, entre entidades estudantis, sindicais e populares, organizações de esquerda, estiveram presentes denunciando a violência contra a mulher e os ataques de Dilma.
Flavia Vale, professora designada em Contagem, militante do Pão e Rosas e do Movimento Nossa Classe, denunciou o governo Dilma/PT que não garante os direitos das mulheres, sobretudo das trabalhadoras, jovens e negras, como a legalização do aborto. Explicou também, as demissões do governo Pimentel que atingem milhares de professoras, a necessidade da luta pela efetivação de todas e também das terceirizadas com os mesmos direitos e sem concurso público.
Por fim, prestou solidariedade às professoras do Paraná que hoje lutam contra os ataques àeducação e os planos de “ajuste†daquele Estado, e devem servir de exemplo para organização das trabalhadoras de todo o país nesse 8 de março e todos os dias..

Veja abaixo o vídeo com a fala completa de Flavia Vale:

Artigos relacionados: Gênero e Sexualidade









  • Não há comentários para este artigo