Internacional

DEPUTADO DA FIT

Christian Castillo esteve junto aos trabalhadores de Kromberg exigindo sua reincorporação

18 Feb 2014   |   comentários

Este meio-dia, o deputado de Buenos Aires da FIT e dirigente do PTS, Christian Castillo, participou de um ato na porta da empresa multinacional Kromberg junto aos trabalhadores demitidos, exigindo o cumprimento da sentença de reintegração de dois trabalhadores da fábrica de Pilar e a reincorporação dos 54 demitidos.

Este meio-dia, o deputado de Buenos Aires da FIT e dirigente do PTS, Christian Castillo, participou de um ato na porta da empresa multinacional Kromberg junto aos trabalhadores demitidos, exigindo o cumprimento da sentença de reintegração de dois trabalhadores da fábrica de Pilar e a reincorporação dos 54 demitidos. Junto a eles participaram as comissões internas de Kraft, membros da interfabril do Parque Industrial de Pilar, centros acadêmicos da Zona Norte de Buenos Aires e outras organizações solidárias com a luta.

O deputado da Frente de Esquerda esteve conversando com os trabalhadores e as trabalhadoras desta empresa e sustentou que “é inadmissível que esta empresa multinacional descumpra a sentença de reinstalação das trabalhadoras Analía Martínez e Daiana à lvarez, ordenado pela Justiça do Trabalho nº 13 da Cidade Autônoma de Buenos Aires. Exigimos o cumprimento da sentença e a reincorporação de todos os demitidos.†Também assinalou que “tanto no Congresso Nacional como na Legislatura provincial fizemos pedidos de informes aos ministérios do trabalho de ambas as jurisdições para repudiar estas demissões discriminatórias, e ademais no Congresso Nacional meu companheiro Nicolás Del Caño elaborou um projeto de resolução para que a Câmara dos Deputados convoque o Ministro do Trabalho Carlos Tomada para que dê explicações†.

Na conversa com os trabalhadores sustentou que “desde as bancadas da FIT na legislatura bonaerense e no Congresso Nacional contribuímos com 20.000 pesos de nossos ingressos, e vamos seguir acompanhando a reivindicação dos trabalhadores e das trabalhadoras de Kromberg. Agora estamos organizando a visita de uma delegação de deputados nacionais e provinciais para solidarizar-nos com eles e exigir que a empresa cumpra a sentença e reincorpore todos os trabalhadores demitidos†.

Artigos relacionados: Internacional









  • Não há comentários para este artigo