Movimento Operário

Bruno Gilga, diretor do SINTUSP, denuncia contaminação da biblioteca da FFLCH no UOL

21 Feb 2015   |   comentários

Fecha-se o cerco a negligência do diretor da FFLCH – USP em relação a contaminação de um dos acervos da Biblioteca Florestan Fernandes.

Como já noticiado aqui em matéria do dia 13 de fevereiro de 2015 http://www.palavraoperaria.org/Cont... hoje também o site de notícias UOL tornou pública a denúncia realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores da USP em relação a contaminação por DDT do acervo Cruz Costa, doado àBiblioteca Florestan Fernandes em 2009. A partir do dia 23 de fevereiro as atividades da biblioteca serão paralisadas, bem como o atendimento ao público até que o acervo em questão seja removido. Tal decisão, tomada pelos trabalhadores, com o apoio de seus representantes sindicais, visa garantir a segurança daqueles que cotidianamente trabalham e transitam pela biblioteca e podem estar expostos a uma substância que, além de ter seu uso proibido desde 2009, é altamente cancerígena e pode, inclusive, se dispersar pelo ar. A USP já carrega em sua história recente a contaminação do campus da EACH e parece não ter aprendido ainda a lição.

Confira no link abaixo a íntegra da notícia publicada no UOL.

http://educacao.uol.com.br/noticias...

Artigos relacionados: Movimento Operário









  • Não há comentários para este artigo