Segunda 16 de Setembro de 2019

Nacional

Basta de repressão aos trabalhadores sem terra!

09 Nov 2007   |   comentários

A violência contra os trabalhadores rurais parece não ter fim. Nesse ano, em que completam dez anos do massacre de Eldorado dos Carajás, onde 19 trabalhadores foram assassinados pela polícia do Pará sem que ninguém tenha sido punido, os casos de violência, repressão e criminalização dos movimentos sociais que lutam pela terra só têm aumentado. Em contrapartida, a reforma agrária continua sem sair do papel.

Como se não bastasse os ataques políticos, como por exemplo, na CPI da Terra, formada só por fazendeiros, que teve como relatório final um documento que caracteriza o MST como organização terrorista e as ocupações de terras como crime hediondo, os ataques da justiça burguesa, sempre tão rápida e eficiente quando se trata de defender os interesses de latifundiários e grandes empresários, os trabalhadores rurais sem-terra também vêm sofrendo violência física por parte da polícia e de jagunços àserviço dos latifundiários.

Há duas semanas um militante da Via Campesina, Valdir Mota, foi assassinado, e mais seis militantes ficaram feridos, em Santa Teresa do Oeste, no Paraná, depois que foram atacados por um bando de 40 pistoleiros contratados pela multinacional Syngenta Seeds. O ataque ocorreu depois que os trabalhadores ocuparam de maneira pacífica o campo de experimentos da empresa para denunciar o cultivo ilegal de sementes transgênicas.

O PT e o governo Lula nada fizeram, nem ao menos se pronunciaram, pois já não escondem que estão ligados até o pescoço com a burguesia do agronegócio.

Nós da LER-QI nos colocamos ao lado dos trabalhadores rurais e repudiamos qualquer tipo de violência contra estes militantes. Defendemos a formação de uma sólida aliança entre trabalhadores das cidades, operários agrícolas e camponeses que utilize seus próprios métodos de luta e levante uma campanha contra a repressão aos trabalhadores da cidade e do campo e que exija punição aos latifundiários assassinos e seus cúmplices.

Artigos relacionados: Nacional









  • Não há comentários para este artigo