Domingo 21 de Julho de 2019

Internacional

ARGENTINA

Ante as condenações

04 Nov 2011   |   comentários

É um grande triunfo popular de décadas de luta do povo argentino que esses genocidas, em sua grande maioria, tenham recebido a condenação de prisão perpetua. Não compartilho a absolvição de dois repressores como Rolón onde sobram provas de sua participação na ESMA. O Tigre Acosta, foi um dos planejadores do assassinato de meus pais executados na Escola de Mecânica da Forças Armadas. Esses julgamentos são um triunfo, porque são sustentados pelos sobreviventes e pelos familiares, que valentemente testemunharam inumeráveis vezes para lograr estas condenações, sem eles não seria possível essa decisão. Porque como vínhamos denunciando, o governo não abriu os arquivos da ditadura, para conhecermos o nome de todos os repressores e não ter que avançar a conta-gotas nas condenações, mas também conseguir a condenação para todos os genocidas por todos os companheiros.

Artigos relacionados: Internacional , Direitos Humanos









  • Não há comentários para este artigo