ARGENTINA:Histórica eleição da Frente de Esquerda

28 Oct 2013   |   comentários

(28/10/2013) A Frente de Izquierda obteve três deputados nacionais por Mendonza, Buenos Aires e Salta. Também foram obtidos ao menos oito legisladores provinciais, que se somam aos já obtidos em Neuquén e Córdoba no ano de 2011.

Nicolás del Caño, do PTS de Mendonza, Pablo López e Néstor Pitrola, ambos do PO, foram eleitos deputados nacionais. É de destacar as altas porcentagens obtidas em Salta (19%) e Mendonza (14%), além do quase meio milhão de votos na província de Buenos Aires e os 10% em Neuquén.

Ressaltamos também a eleição de Christian Castillo do PTS como deputado pela província de Buenos Aires e de Marcelo Ramal do PO como legislador portenho.

No fechamento desta jornada, segundo os últimos resultados oficiais, Jorge Altamira (PO Cidade de Buenos Aires), Myriam Bregman (PTS província de Buenos Aires) e Liliana Olivero (IS Córdoba) não haviam sido eleitos por muito pouco apesar da excelente eleição realizada pela FIT nestes distritos.

No marco de uma eleição que não somente confirma, mas aprofunda a derrota do governo nas PASO (primárias) de agosto, ao perder com Massa na província de Buenos Aires, a "esperança branca" do estabilishment, por mais de dez pontos, e com o rejunte do UNEN o senador pela minoria em CABA, a FIT aumentou cerca de 30% de seus votos, passando de 900.000 a 1.150.000.

Somos a única força que se preparou para dar uma saída pela esquerda aos trabalhadores e a juventude diante do "fim do ciclo" kirchnerista.

As bancadas obtidas pela Frente de Izquierda estarão a serviço de fortalecer as lutas de todo o povo trabalhador e do desenvolvimento da consciência política independente da classe operária.

PTS

Partido de los Trabajadores Socialistas









  • Não há comentários para este artigo