Nacional

Campanha contra a repressão!

A luta contra a repressão tem que ser independente dos governos

11 Sep 2013   |   comentários

Desde uma perspectiva independente, classista e combativa, levantamos a necessidade da luta contra a repressão que sofrem os jovens que se mantêm na luta. Compomos a Frente Independente pela Memória, Verdade e Justiça/MG (FIMVJ) que organizou em julho um ato de mudança do nome do viaduto em homenagem aos jovens que morreram, Douglas Henrique e Luiz (...)

Desde uma perspectiva independente, classista e combativa, levantamos a necessidade da luta contra a repressão que sofrem os jovens que se mantêm na luta. Compomos a Frente Independente pela Memória, Verdade e Justiça/MG (FIMVJ) que organizou em julho um ato de mudança do nome do viaduto em homenagem aos jovens que morreram, Douglas Henrique e Luiz Felipe. Presentes no ato: familiares, estudantes e artistas, IHG, Juventude às Ruas, Pão e Rosas, Ler-qi, Sindicato Marreta, MFP, MEPR, CSP-Conlutas, PSTU, Coletivo de Estudantes Negros da UFMG. Nossos companheiros da Juventude às Ruas na filosofia da UFMG e do grupo de mulheres Pão e Rosas, buscam organizar essa campanha pela base. Em assembleia da filosofia/UFMG organizaram, no mês de agosto, um novo ato contra a repressão, pelo fora PM das periferias e das universidades e fazendo ecoar na UFMG a luta para saber onde está o pedreiro Amarildo. O ato reuniu estudantes dessa Universidade e parou a saída da UFMG com uma grande faixa: “Abaixo a repressão! Douglas Henrique e Luiz Felipe: presentes!†. A organização desde a base, a partir de assembleias de curso, é essencial para aqueles que lutam por uma nova militância estudantil, independente dos governos e aliada aos trabalhadores.

Artigos relacionados: Nacional , Direitos Humanos , Belo Horizonte









  • Não há comentários para este artigo