Internacional

18 pessoas presas em Frankfurt na jornada contra a austeridade

19 Mar 2015 | A polícia alemã prendeu nesta quarta-feira 18 pessoas em Frankfurt por suposta perturbação severa da ordem pública nos protestos contra a inauguração oficial do Banco Central Europeu (BCE).   |   comentários

A polícia alemã prendeu nesta quarta-feira 18 pessoas em Frankfurt por suposta perturbação severa da ordem pública nos protestos contra a inauguração oficial do Banco Central Europeu (BCE).

Segundo uma portavoz oficial, outras 350 pessoas foram retidas temporariamente e nos enfrentamentos entre os agentes e os manifestantes resultaram feridos 94 policiais.

A manifestação do bloco Blockupy, convocada por organizações sindicais, sociais e políticas foi uma mobilização contra as políticas de austeridade no dia da inauguração oficial da nova sede do BCE, àqual estiveram presentes militantes de toda a Europa.

Umas 10.000 pessoas, segundo números da polícia, seguiram a concentração convocada pelo Blockupy na praça da prefeitura de Frankfurt-Römerberg. Entre eles se encontrava o eurodeputado do Podemos, Miguel Urbán, membro do GUE-NGL (o Grupo Confederal da Esquerda Unitária Europeia/Esquerda Verde Nórdica). Também participaram os membros do partido grego Syriza Naomi Klein e Giorgos Chondros.

Artigos relacionados: Internacional









  • Não há comentários para este artigo